21.6 C
fpolis
quinta-feira, outubro 28, 2021
cinesytem

Semana começa com calor, mas frente fria se aproxima de SC

spot_img

Semana começa com calor, mas frente fria se aproxima de SC

spot_img

O primeiro dia do mês de agosto começa com sol com algumas nuvens e temperaturas mais altas em Santa Catarina. Mas o tempo muda no decorrer desta segunda-feira, com a chegada de uma frente fria, de fraca intensidade que se desloca pelo Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A previsão da Epagri/Ciram indica chuva e trovoadas no Meio Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul, e a noite no Oeste e Grande Florianópolis. A chuva deve ser mal distribuída e com baixo acumulado. O vento sopra de noroeste a sul, com intensidade fraca a moderada com algumas rajadas.

Confira mais detalhes da previsão no site da Epagri/Ciram.

Na terça-feira, 2, a previsão é de variação de nuvens com aberturas de sol no Estado. Há condição de chuva especialmente do Oeste ao Norte do Estado. A temperatura estará em declínio e o vento sopra de sul a sudeste, fraco a moderado. Para a quarta-feira, 3, a previsão aponta mais nuvens e condições de chuva em alguns momentos do Oeste ao Litoral Sul, alternando com períodos de sol. Nas demais regiões, sol entre nuvens, com temperatura em leve declínio.

A previsão para a quinta-feira é de mais nuvens e condições de chuva em alguns momentos no Planalto Sul e Litoral Sul, alternando com períodos de sol. Nas demais regiões, sol entre nuvens. A temperatura estará em gradativa elevação. Na sexta-feira, tempo seco com sol entre nuvens e temperatura segue em elevação.

Tendência de 6 a 16 de agosto

Nos dias 06 e 07/08, a passagem de uma nova frente fria por Santa Catarina, provoca chuva na maioria das regiões. Após o deslocamento dessa frente, a temperatura declina novamente com o avanço de uma massa de ar frio. Outra frente fria deve passar por SC, próximo ao dia 10/08. Para a primeira quinzena de agosto os indicativos são de pouca chuva e frio dentro da normalidade, conforme previsão da Epagri/Ciram.

Transição inverno/primavera com pouca chuva e frio em SC

A transição inverno/primavera é de pouca chuva com valores próximos a abaixo da média e não se descarta a possibilidade de períodos de estiagem. Agosto deve seguir o padrão observado, nos meses de junho e julho, de períodos prolongados sem chuva, no entanto poucos episódios de chuva pode alcançar o total esperado para o mês.

Destaque: Eventos de chuva intensa, em curto espaço de tempo, podem ocorrer em qualquer época do ano. Por isso, ressalta-se a importância do acompanhamento diário da previsão do tempo.

Climatologia – Agosto, Setembro e Outubro (o que se espera para época do ano):

Em agosto, o volume de chuva esperado para o mês fica em torno de100 mmna maioria das regiões. Emsetembro e outubro, inicia a época das chuvas de primavera, resultando em totais mensais de precipitação mais elevados. Em boa parte dos municípios catarinenses, a maior precipitação do trimestre ocorre em outubro,com totais acumulados de210 a 280 mm no Oeste e Meio-Oeste, e de140 a 180 mm do Planalto ao Litoral. No entanto, neste ano os totais podem ser inferiores a estes valores. Vale ressaltar que em períodos contínuos sem chuva, o solo fica bastante seco, e aliado a umidade baixa do ar, surgem focos de incêndio.

Também é a época de formação e deslocamento dos ciclones extratropicais no litoral Sul do Brasil, que trazem perigo para a navegação e a pesca em embarcações de pequeno e médio porte, devido aos ventos fortes e ao mar agitado, muitas vezes resultando emressaca.

Outra característica do trimestre são osnevoeirosassociados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade.

Temperatura

O próximo trimestre segue com previsão de temperatura próxima a abaixo da média climática, em SC.As massas de ar frio de origem polar devem continuar chegando ao Estado com frequência, favorecendo dias ensolarados, declínio na temperatura e geada de forma mais ampla no Estado especialmente até o mês de agosto, e de forma mais isolada e nas áreas mais altas em setembro e outubro. Eventos de neve ainda podem ocorrer principalmente em agosto. Resumindo o inverno deve se estender até o início da primavera, configurando o frio tardio.

Sendo um trimestre mais seco do que o normal, espera-se uma maior amplitude térmica diária (diferença entre a temperatura máxima e temperatura mínima do dia). Assim, as temperaturas mínimas, na madrugada, estarão mais baixa do que o normal e, durante o dia, as temperaturas máximas ficam de agradáveis a elevadas.

As informações são da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado.

spot_img
spot_img