19.1 C
fpolis
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Sidão Tenucci lança O Surfista Peregrino em Florianópolis

Sidão Tenucci lança O Surfista Peregrino em Florianópolis

spot_img

Nesta quinta-feira, dia 29 de janeiro, um dos precursores do mercado surf no Brasil estará em Santa Catarina lançando oficialmente o livro ‘O Surfista Peregrino’, obra que relata as experiências do surfista e empresário Sidnei Luiz Tenucci Júnior.

A sessão de autógrafos acontece às 19h no mezanino da Livraria Saraiva MegaStore do Shopping Iguatemi, em Florianópolis.

Mais conhecido como Sidão Tenucci, o autor de ‘O Surfista Peregrino’ foi um dos responsáveis por inaugurar as bases do mercado surf brasileiro quando em 1978 criou a OP – Ocean Pacific, marca que se tornou um fenômeno de vendas e que ditou a tendência ‘surf life style’ no país na década de 1980.

O livro, que é uma compilação das crônicas de Tuccine, fala das aventuras de um personagem místico pelas ondas do planeta em busca da essência perdida e do romantismo do surf de outros tempos. Editado pela Cosmmos do Brasil, a leitura do livro (127 págs, R$ 35,00) proporciona prazer garantido para quem gosta de relatos de viagem. O texto preciso de Tenucci leva o leitor não só às praias e ondas tão sonhadas por tantos surfistas do planeta, mas principalmente ao universo do surf e a busca de sua essência pelo personagem mítico do ‘peregrino’.

Se para o leitor comum o livro já é uma viagem, para quem compartilha com o autor e personagem a paixão pelo surf, os atrativos da narrativa se potencializam. E isso não só pelas ondas, mas também pela precisão técnica descrita pelo peregrino em suas manobras pelos oceanos afora. Também surfista e velejador, para o vice-campeão sul-americano de kite surf, Adrien Caradec, da OpenWinds, o livro ‘leva a uma viagem em busca da tão sonhada onda perfeita ainda não surfada, o desejo da maioria de nós surfistas’. Segundo ele, a obra ‘resgata o verdadeiro espírito do surfista desbravador, não contaminado pelo mundo capitalista, onde o maior prazer está em viver o presente em todos os seus detalhes’. Caradec conclui dizendo que Sidão Tenucci ‘conseguiu colocar em seu livro as linhas do swell de forma fácil e agradável, com rico conteúdo espiritual, de forma despretensiosa. É leitura obrigatória para todos surfistas e amantes da natureza.”

“Escrever sobre o Peregrino não foi algo planejado. Foi uma necessidade. Receber as suas cartas foi um privilégio adquirido depois de cada aula de yoga dentro do caos paulistano. O equilíbrio precário da minha sanidade apoiava-se na serenidade e emoção do meu amigo errante.”

Fonte e Texto: Carlos Vargas

spot_img
spot_img