15.5 C
fpolis
terça-feira, agosto 16, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Simpósio em Florianópolis discute influência da informática na educação

spot_imgspot_img

Simpósio em Florianópolis discute influência da informática na educação

spot_imgspot_img

Encontro vai proporcionar divulgação de pesquisas na área

A presença do computador e da rede de internet no dia-a-dia é indiscutível. É notável também o espaço que esses recursos conquistaram no processo de ensino-aprendizagem. É nesse contexto que Florianópolis sedia, entre os dias 17 e 20 de novembro, o XX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE).

Serão quatro workshops, dezenas de minicursos, palestras, debates sobre resultados de pesquisas e relatos de experiências com apresentação de artigos em sessões técnicas e concursos de teses de doutorado, dissertações, e trabalhos de conclusão de curso.

A proposta é divulgar a produção científica nacional na área de Informática na Educação e também promover a troca de experiências e ideias entre profissionais, estudantes e pesquisadores que atuam em pesquisa científica e tecnológica na área e em áreas correlatas.

As inscrições para o simpósio devem ser feitas pelo site www.sbie.org.br até o dia 14 de novembro. Após essa data, podem ser realizadas durante o evento. A tabela de valores está disponível no mesmo site de inscrição. O período de submissão de artigos e trabalhos para apresentação já foi encerrado.

O público de interesse é multidisciplinar. O simpósio costuma atrair profissionais e estudantes da área de Computação, Educação, Engenharia, Psicologia e Ensino de Ciências Sociais de um modo geral. Há participação de professores de ensino médio e fundamental público e privado, e também de gestores de educação de diversos níveis interessados na temática da educação mediada por tecnologias de informação e comunicação.

Realizado anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação, o evento tem a sua vigésima edição organizada pela Universidade Federal de Santa Catarina, sob coordenação do Departamento de Informática e Estatística, em parceria com a Universidade do Vale do Itajaí.

20 anos de Informática na Educação

Este ano o encontro traz a temática ‘20 anos de Informática na Educação: repensar, reciclar, reutilizar e revitalizar’. O objetivo é repensar o papel da escola, dos professores e dos processos educativos que são mediados por tecnologias.

Admitindo a influência das novas tendências, propõe-se uma renovação das práticas educacionais. “Pretende-se refletir sobre os acertos e erros nestes 20 anos, as políticas educacionais, as tendências pedagógicas e tecnológicas, o eterno problema da formação dos professores, o conflito de gerações (nativos digitais X imigrantes digitais) e demais assuntos nesta direção.”, informa André Raabe, coordenador de programa do evento.

Veja a programação completa pelo site www.sbie.org.br.

Sobre os minicursos:

Novas práticas pedagógicas para a educação de crianças e jovens. Esse é um dos temas presente nos minicursos oferecidos durante XX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. A professora Patrícia Behar, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ministrará o minicurso ´A ciberinfância sala de aula: buscando novas práticas pedagógicas`. Nele serão trabalhadas as demandas na escola a partir do advento das tecnologias digitais. Segundo Behar, as crianças que nascem em contato com a tecnologia e não conseguem imaginar o mundo sem estes recursos; por sua vez, os professores confrontam diariamente suas práticas pedagógicas com novas formas de trabalhar, exigidas por esta nova demanda.

Outros dois minicursos abordarão o uso de conteúdos e softwares educacionais nas escolas. A mestranda da Universidade Federal do Ceará, Francisca Danielle Guedes, apresentará ´Planejamento e elaboração de aulas usando recursos e ferramentas do Portal do Professor`. Francisca se propõe a familiarizar os participantes com o planejamento e elaboração de planos de aulas, de forma colaborativa, utilizando os portais do Banco Internacional de Objetos Educacionais e do Portal do Professor, possibilitando conhecimentos acerca da integração didática. Ambos os portais são de uso gratuito.

Já Rainer Krüger ministrará ´Software livre na educação fundamental com Pandorga GNU/Linux`. O Pandorga GNU/Linux é uma distribuição gratuita do sistema operacional Linux voltado para o uso de escolas de ensino fundamental.

Há outras dez opções de minicursos. As vagas são limitadas e para participar é necessário fazer a inscrição no evento principal. O custo de cada minicurso é de R$ 50.

Mais informações com André Raabe pelo e-mail raabe@univali.br

Por Tifany Ródio / Bolsista de Jornalismo na Agecom

spot_img

Leia mais