29.6 C
fpolis
terça-feira, janeiro 25, 2022
cinesytem

Sorriso Maroto fechou maratona de shows da Fenaostra

Sorriso Maroto fechou maratona de shows da Fenaostra

spot_img

A cidade de Florianópolis foi palco do maior evento do sul do país da Maricultura, nos últimos dez dias. O público pode usufruir de diversas atrações gastronômicas, folclóricas, culturais, além de shows nacionais.

A principal atração do último dia de festa ficou por conta do grupo de pagode Sorriso Maroto. Os cariocas fizeram um grande espetáculo, cantando seus principais sucessos interagindo diretamente com o público. Em entrevista exclusiva para o Portal da Ilha, o vocalista Bruno, assume em ser apaixonado por Florianópolis. “Amo Floripa, nos sentimos bem cantando nossas músicas aqui. A cidade de Florianópolis é linda. Além de ter um povo acolhedor. Lindas praias, mulheres belas, completam o que há de lindo nessa Ilha. Morar aqui é um sonho para qualquer um.” Destaca.

Em sua formação original o “Sorriso”, como chamam os mais íntimos, tinha, aproximadamente, dez integrantes. Ao longo do tempo, as dificuldades foram surgindo e abrir mão de alguns confortos em prol do sonho de alcançar o sucesso fez-se necessário. Desses, apenas Cris, Fred, Bruno, Sérgio e Vinícius arriscaram no que, até então, era só uma brincadeira de adolescente.

Mas o sonho se tornou realidade e os sacrifícios valeram á pena. Em 2001 nascia o primeiro disco, lançado, apenas, em 2002, intitulado “Sorriso Maroto”. A partir daí a trajetória do grupo foi uma crescente. Nos anos seguintes, a cada álbum lançado, o sucesso se repetia. A presença em programas de rádio, televisão, matérias em jornais se tornaram frequentes. Os shows cada vez mais valorizados e disputados pelo público provavam toda qualidade do samba produzido pelos meninos.

Inspirados nos grupos de pagode da época, o Sorriso Maroto conquistou as paradas musicais com um balanço dançante, um som romântico e arranjos arrojados. A maioria das composições é assinada pelos próprios componentes. E uma opinião é comum a todos: toda e qualquer história rotineira, pode virar música. E das boas! A inspiração vem do dia-a-dia.

Apesar de ter sua origem em momentos de festa e de bagunça, essa não é a realidade atual do grupo. A estrutura utilizada em shows conta com grande aparato tecnológico. Além disso, os ensaios, as gravações, as produções e as apresentações são todos levados muito a sério, apesar do clima de descontração. Quem pensa que pagode é brincadeira, não conhece o empenho do Sorriso.

Mas o clima de alegria nos bastidores de um show é característica constante, apesar da seriedade dos trabalhos. Nos camarins pode-se perceber tamanho entrosamento e amizade entre eles. No palco, a felicidade e a satisfação dos meninos são evidentes. Após cada apresentação, é possível observar o prazer com que realizam mais um trabalho. Então, saem do palco com aquele “Sorriso Maroto”, no rosto cumprimentado e agradecendo a todos aqueles que se empenharam para que se realizasse mais um show de sucesso. Assim, o grupo celebra o reconhecimento do público com uma maturidade profissional estabelecida, consolidando-se como referência no cenário da música e sendo exemplo para uma nova geração de artistas que o acompanham e vibram com suas canções.

spot_img
spot_img