18.7 C
fpolis
terça-feira, julho 5, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Último concerto do ano do Planeta Música acontece neste sábado

Último concerto do ano do Planeta Música acontece neste sábado

spot_imgspot_img


Assessoria de Imprensa

O último concerto do projeto Planeta Música será na Escola Básica Municipal Osmar Cunha, neste sábado (28), às 15h, em Canasvieras. Durante este ano de 2009 foram realizados concertos em bairros como Ratones, Rio Vermelho, Lagoa da Conceição, Barra da Lagoa, Cachoeira do Bom Jesus, Vargem Grande e Armação.

Os concertos eruditos, realizados pela Orquestra de Cordas Catarinense, fazem parte do Planeta Música e foram programados para acontecer aos sábados em uma escola da rede municipal que aderiu o projeto Escola Aberta para a Comunidade, do Governo Federal.

Na escola do Rio Vermelho, Euclides Neto, de 18 anos e Larissa Santos, 17 anos, assistiram ao concerto e acompanharam atentos, com o libreto do espetáculo nas mãos, as explicações do diretor musical da orquestra sobre os instrumentos de corda e sobre as composições executadas. Euclides, que mora na servidão que leva o nome do avô, nunca havia assistido a uma apresentação de orquestra. “É suave, não sabia que era tão bonito”, diz ele. A experiência estética que vivenciou com a apresentação ao vivo de uma orquestra de cordas talvez tenha sido favorável para mudar o que, segundo a professora, Sandra Regina de Oliveira, da escola do Euclides, é a grande dificuldade para educação musical nas escolas. Na avaliação da professora os alunos não gostam de ouvir músicas que não estejam acostumados. “Eles só querem ouvir hap e funk, é a única música que escutam e é muito difícil mudar essa padronização no gosto musical deles”, afirma.

O projeto

Os concertos realizados pela Orquestra Catarinense de Cordas têm um formato didático, que, além da execução de composições de Vivaldi, Mozart, Villa-lobos, entre outros, conta um pouco da história dos instrumentos de cordas e da música de erudita. “Nosso objetivo com esse projeto é contribuir para a formação cultural e educação musical de jovens e crianças”, afirma Eduardo Titton, diretor musical da orquestra.

Denominado Planeta Música, o projeto, além de ser uma forma de lazer para comunidades nas quais esse tipo de espetáculo não chega, também vem contribuindo para minimizar o problema da falta de formação musical nos currículos escolares. A partir de 2011, será obrigatório esse aprendizado nos ciclos fundamental e médio da educação básica. “Vimos no Programa Escola Aberta uma oportunidade para realizar esses concertos e contribuir, de forma lúdica, para diminuir essa carência”, afirma Edina De Marco, coordenadora do projeto.

O público que vai aos concertos recebe um libreto contendo o programa musical e informações sobre a história da música de concerto e dos instrumentos de cordas. De acordo com os organizadores, a publicação é uma forma de ajudar o público a sistematizar o conhecimento musical através do que ouviu no concerto.

spot_img