23.1 C
fpolis
quinta-feira, novembro 30, 2023
Alesc

8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis vai até 12 de julho

spot_img

8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis vai até 12 de julho

Evento estimula formação de público e abre espaço para coprodução e integração cultural entre países.

Conhecida pelas belas praias e povo acolhedor, Florianópolis, capital de Santa Catarina, sedia um dos eventos mais importantes do país quando o assunto é cinema e criança. Com ações voltadas à inclusão social, ao debate sobre políticas culturais e à coprodução de filmes, a Mostra de Cinema Infantil avança a cada ano e já é referência em outros países.

Durante a abertura, com a participação de Silvio Da-Rin, secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura (SAv/MinC) e de Moema Muller, da Cinemateca Brasileira, acontecerá a assinatura do Termo de Parceria entre a Mostra de Cinema Infantil e a Programadora Brasil (SAv/MinC). Também será exibido uma ‘chamada’ do filme longa metragem Minhocas, de Arthur Nunes Medeiros e Paolo Conti, que está sendo produzido em Florianópolis e tem estreia nacional prevista para 2010.

A oitava edição da Mostra, que ocorre de 26 de junho a 12 de julho, faz parte das comemorações do Ano da França no Brasil e terá como homenageado Michel Ocelot, diretor de Kirikou e a Feiticeira. O cineasta vem pela primeira vez à América Latina e participará com um ciclo de dez filmes, palestra e exposição de desenhos e storyboards. Depois de Florianópolis, Ocelot participa do Divercine, no Uruguai, e do Festival Anima Mundi do Rio e São Paulo.

Os filmes exibidos nesta edição raramente são difundidos em circuito comercial. Durante os 17 dias do evento, mais de 28 mil crianças de escolas públicas e particulares assistirão gratuitamente a filmes que contam histórias de paz, amizade, tolerância e respeito. Ao todo serão exibidos 80 títulos, entre longas, médias e curtas-metragens de vários países do mundo.

A Mostra abre na sexta-feira, 26 de junho, com o curta Campeonato de Pescaria, de Luiza Lins e Marco Martins. Rodado em Florianópolis, o filme narra de forma poética as relações entre a natureza e os valores culturais vividos na infância. O filme foi contemplado no Edital Curta Criança 2008, do Ministério da Cultura.

Na Mostra Competitiva, destinada somente para curtas, ocorreu um recorde de inscrições nesta edição. Dos 123 filmes inscritos, 68 foram selecionados. Há 12 estados representados, como o Rio (com 16 curtas), seguido de São Paulo (15), Brasília (11), Rio Grande do Sul (8), e Paraná (5). De Santa Catarina foram selecionados dois curtas. O melhor filme da Mostra de Florianópolis é escolhido por um júri formado por crianças.

Coproduções internacionais e cinema infantil

Durante o próximo final de semana, ocorre o 5º Encontro Nacional da Mostra, com o tema Cinema Infantil no Brasil e no Mundo. A mesa será composta por Carla Camurati, diretora do Festival Internacional do Cinema Infantil (FICI), Sannette Naeye, do Cinekid (Holanda) e Silvio Da-Rin (SAv/MinC). O encontro começará a partir das 9h no Hotel Majestic, neste sábado, 27 de junho.

No Hotel Majestic também ocorrerá o 2º Pitching (no sábado, 27), às 14h, e no domingo, dia 28, às 9h, com a escolha de um projeto, entre sete selecionados, de um filme de longa-metragem voltado ao público infanto-juvenil, que irá participar de fóruns de coprodução com países europeus. No ano passado, o projeto vencedor no 1º Pitching foi Eu e Meu Guarda-Chuva, longa do diretor Toni Vanzolini, que está sendo produzido pela Conspiração Filmes (RJ). Com a participação do diretor no fórum de financiamento do Festival de Malmö, em 2008, Vanzolini fechou uma coprodução para a finalização de áudio na Suécia.

Confira o site: www.mostradecinemainfantil.com.br.

Informações: (61)3316-2088/2044 ou audiovisual@cultura.gov.br.

spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais