19.4 C
fpolis
quarta-feira, maio 25, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Diário Catarinense lança site da campanha Floripa Te Quero Bem

spot_img

Diário Catarinense lança site da campanha Floripa Te Quero Bem

spot_imgspot_img

A ferramenta apresenta infográfico sobre segurança, mobilidade e planejamento na cidade

O Diário Catarinense lançou nesta quinta-feira (8) uma ferramenta que permite o acompanhamento de indicadores relativos à segurança pública, mobilidade urbana e planejamento urbano de Florianópolis. O infográfico sobre a cidade faz parte da campanha Floripa Te Quero Bem, que ganha também um site, onde serão reunidos textos, entrevistas, vídeos e outros materiais que incentivem a discussão sobre a capital catarinense. Confira o infográfico de Florianópolis.

Lançada no dia 16 de novembro, a campanha Floripa Te Quero Bem propõe uma reflexão sobre os desafios e o futuro da cidade. A iniciativa, que integra as comemorações pelos 25 anos do Diário Catarinense, teve como um dos motivadores o tenista Gustavo Kuerten. Em entrevista exclusiva ao DC, o manezinho da Ilha revelou que pensava em deixar sua cidade natal devido aos problemas de Florianópolis.

Para embasar o debate, o infográfico reúne, na seção “Segurança”, informações sobre índices de criminalidade em Florianópolis e sua situação em comparação com outras cidades do país. Os dados mostram que a capital catarinense foi a terceira em crescimento da taxa de homicídios de 1998 a 2008, com 250%, ficando atrás apenas de Salvador e Maceió.

Já os indicadores sociais de Florianópolis estão entre os melhores do país. A cidade é a quarta colocada no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que é calculado com base em critérios de renda, saúde e educação. No entanto, o saneamento básico da capital catarinense ainda deixa a desejar. O município declarou tratar 56% do esgoto em 2007 e apenas 40% em 2008, conforme o Ranking do Saneamento do Instituto Trata Brasil. Atualmente, 55% da população urbana tem tratamento de esgoto em Florianópolis, segundo dados da Casan.

Além de informações sobre saneamento básico, a seção “Planejamento” do infográfico apresenta dados de renda, analfabetismo e crescimento populacional por bairros. Foram reunidos também gráficos sobre aumento da construção civil na Capital, e mapas que mostram as áreas de risco, hidrografia e unidades de conservação.

Na área da mobilidade, verifica-se que a falta de corredores para ônibus, estrutura para transporte marítimo inexistente e insuficiência de ciclovias, faz do carro o meio de transporte mais utilizado em Florianópolis. Em pesquisa do Instituto Mapa, 41% dos entrevistados declarou usar o automóvel como principal meio de transporte durante a semana. De 2000 a 2010, a frota de carros cresceu 67,2% e a frota de motocicletas aumentou 219%. Hoje, são quase 200 mil automóveis e 40 mil motos na Capital.

No infográfico do Floripa Te Quero Bem, é possível traçar um panorama da mobilidade urbana na cidade, com dados de frota e fluxo de veículos, localização das ciclovias e informações sobre projetos que buscam melhorar o trânsito em Florianópolis.

spot_img