23 C
fpolis
domingo, novembro 28, 2021
cinesytem

Figueirense arranca no returno com vitória sobre o São Caetano e se mantém líder

spot_img

Figueirense arranca no returno com vitória sobre o São Caetano e se mantém líder

spot_img

O Figueirense arrancou bem no returno do Campeonato Brasileiro da série B e em duelo difícil acabou superando na raça, o São Caetano pelo placar de 1×0 na noite desta terça-feira no Scarpelli, em Florianópolis. A vitória manteve o alvinegro na liderança da competição com 39 pontos somados, abrindo 3 de vantagem do 2º e 3º colocados, Coritiba e Ponte Preta.

O alvinegro que mais uma vez contou com a força do seu torcedor para buscar o resultado positivo no Scarpelli. Sem conseguir encontrar seu futebol na primeira etapa, o Furacão teve muita dificuldade de sair da forte retranca montada pelo time do interior de São Paulo e acabou definindo a partida só aos 30 minutos da etapa final com um belo gol do lateral Helder, que fez seu primeiro com a camisa alvinegra e o 43º do Figueirense na competição.

Com a vitória difícil em cima do São Caetano o time do treinador Márcio Goiano manteve os 100% de aproveitamento contra times paulistas na competição.

O Figueirense volta a campo neste sábado (11) para mais um duelo contra equipes paulistas. Desta vez o adversário será a Portuguesa, no Canindé, às 15h50min, em partida válida pela segunda rodada do returno.

O jogo

O São Caetano repetiu a mesma técnica que tem sido adotada pelos adversários do Figueirense no Scarpelli e montou uma forte retranca para anular o poder ofensivo do alvinegro que teve poucas oportunidades de gol na primeira etapa.

A melhor chance criada pelo alvinegro saiu dos pés do baixinho Willian, que aos 21 minutos fez bela jogada e arriscou um chute forte na entrada da área, mas a bola passou arrancando tinta da trave esquerda do goleiro Luís.

O São Caetano que tentava chegar ao gol nos contra ataques respondeu aos 25 minutos com Aílton, que limpou bem o lance e chutou exigindo grande defesa do goleiro Wilson, que espalmou para escanteio.

Na segunda etapa o time do Figueirense continuou encontrando dificuldades para furar a defesa dos visitantes, que neutralizaram as jogadas de ataque do alvinegro. Mas o treinador Márcio Goiano encontrou uma saída adequada para o Figueirense, com a entrada de Helder na lateral esquerda deslocando o Juninho para meia, para renovar o fôlego do sistema ofensivo alvinegro.

O Figueirense teve nova chance com Willian aos oito minutos, mas a bola acabou subindo demais. Mais a vontade para atacar o São Caetano voltou a levar perigo para o gol de Wilson aos 25 minutos, com chute de Lucas de longa distância. No minuto seguinte Luciano Nandi cabeceou sozinho na área, exigindo mais uma grande defesa do goleirão alvinegro.

O gol alvinegro saiu de uma jogada de contra ataque que começou com a assinatura do habilidoso Willian, que limpou o lance e tocou para Juninho. O meia alvinegro que vive ótima fase deixou Helder na cara do gol para abrir o marcador aos 30 minutos, e marcar o gol que decretou o resultado da partida.

Após o gol o time de São Paulo tentou reagir mas esbarrou nas boas interceptações de Roger Carvalho e João Filipe e Ygor, que asseguram ao Figueirense a segunda melhor defesa da competição com 19 gols sofridos.

Ficha técnica

Figueirense

Wilson; Bruno, João Filipe, Roger Carvalho, Juninho; Ygor, Coutinho (Helder), Maicon, Fernandes (Roberto Firmino); Willian e Reinaldo (Baraka).
Técnico: Márcio Goiano

São Caetano

Luis; Artur, Anderson Marques, Jean, Bruno; Moradei, Everton Ribeiro, Ailton, Romário (Lucas, depois Flávio); Fernandes (Roger) e Luciano Mandi
Técnico: Sérgio Guedes

Gol: Helder, aos 30 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: João Filipe, Helder, Ygor, Bruno e Juninho (F); Fernandes (SC) e Romário;

Arbitragem: Wagner Rewai, auxiliado por Luiz Fernando Irineu da Silva e Paulo Cesar Silva Faria

Público: 9.245
Renda: R$ 42.000

spot_img
spot_img