23.1 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Governo do Estado ativa Centrais de Monitoramento e instala 228 câmeras na Grande Florianópolis

spot_img

Governo do Estado ativa Centrais de Monitoramento e instala 228 câmeras na Grande Florianópolis

spot_img

O Governo do Estado, por intermédio da
Secretaria da Segurança Pública (SSP) e em parceria com a Secretaria de
Cultura, Esporte e Turismo, inicia a ativação no mês de dezembro das
centrais de monitoramento da Grande Florianópolis e começa a operar o
monitoramento nas pontes dos veículos que acessam e saem de Florianópolis.

Essas centrais irão receber as imagens das 147 câmeras que estão sendo
instaladas na Capital e em São José. Outras 81 câmeras de vigilância
serão instaladas durante o mês de janeiro. A SSP investiu R$ 2,5 milhões
além de recursos na ordem de R$ 2 milhões do programa ForçaTur, que
prevê a aquisição de cem câmeras a serem instaladas em pontos estratégicos
de Florianópolis e de outros sete municípios turísticos.

A primeira central a ser ativada será a do Continente, dia 9 de dezembro e
que funcionará junto ao 22º Batalhão da Polícia Militar. O sistema irá
atender às comunidades da Via Expressa, Estreito, Capoeiras, Jardim
Atlântico e Monte Cristo.

Na sequência será a vez de São José, dia 15, às 9 horas, com a presença
do governador Raimundo Colombo e autoridades. O sistema de
videomonitoramento funcionará com 39 câmeras, das quais 21 já estão
operando. A central está instalada junto à base operacional da Polícia
Militar, próximo ao Shopping Center Itaguaçu.

No mesmo dia, às 12 horas, o governador ativa o sistema de operações de
monitoramento nas pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos. Serão
instaladas cinco câmeras – duas para a extensão das pontes e três para
monitoramento nas passarelas. Em janeiro serão instaladas mais oito
câmeras para leitura das placas de veículos.

No dia 16 de dezembro começa a funcionar a central de monitoramento da
baía de Canasvieiras. Nesta primeira fase serão 11 câmeras vigiando e
prevenindo o crime nos balneários de Canasvieiras, Jurerê antigo,
Cachoeira do Bom Jesus e Ponta das Canas. Até o final de dezembro a
previsão da SSP é instalar mais 10 câmeras de vigilância nos bairros de
Ratones, Cacupé, Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui.

Até o Natal, segundo o coordenador do sistema de videomonitoramento
urbano da SSP, Tenente Coronel Vânio Luiz Dalmarco, outra central começará
a funcionar, é a do Sul da Ilha onde serão instaladas 28 câmeras , sendo
sete neste primeiro momento e posteriormente mais 21.Os equipamentos irão
atender as comunidades do Campeche, Morro das Pedras, Areias do Morro das
Pedras, Fazenda do Rio Tavares, Tapera e Ribeirão da Ilha.

Para janeiro a expectativa é o início das atividades das centrais que
atenderão a bacia do Itacorubi e o balneário de Ingleses. Além dos
equipamentos adquiridos com recursos da SSP, Florianópolis irá receber
mais 50 câmeras dentro do programa ForçaTur, parceria com a secretaria de
Cultura, Esporte Turismo. Essas câmeras serão adicionadas às centrais de
monitoramento existentes no Centro, Beira Mar Norte, Continente, Saco dos
Limões, Costeira do Pirajubaé, Carianos, João Paulo, Saco Grande e Praia
da Daniela.

Para o secretário da Segurança Pública, promotor de Justiça César Augusto
Grubba, os constantes investimentos feitos pelo governo na área de
tecnologia, e a parceria com o Turismo, colocaram Santa Catarina como o
estado mais seguro do país e que, pela quinta vez consecutiva, recebeu o
título de melhor destino turístico.

spot_img
spot_img