22.6 C
fpolis
domingo, novembro 28, 2021
cinesytem

Arena Multiuso em Canasvieiras pronta só no final de 2011

spot_img

Arena Multiuso em Canasvieiras pronta só no final de 2011

spot_img

Divergências no cronograma de pagamento provocaram a paralisação das obras, o que amplia o atraso para até seis meses

Há três semanas estão paradas as obras da Arena Multiuso em Canasvieiras, no Norte da Ilha, em Florianópolis. A paralisação pode contribuir para atrasar a obra em até seis meses, empurrando a data de entrega para final de 2011.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) da Grande Florianópolis, responsável pela obra, garante que há recursos. O custo total será de R$ 27 milhões, dos quais R$ 4 milhões já foram pagos.

O terreno foi doado pelo Sapiens Parque em 2008 para a prefeitura de Florianópolis, mas a obra é do governo do Estado. Licitada no final do ano passado, a construção começou, de fato, em abril deste ano.

O atraso inicial foi motivado pela demora nas licenças ambientais para corte de árvores, como explica o engenheiro responsável pela obra, Marcos Martins, da Construtora Viseu. Mas a atual paralisação pode retardar ainda mais o cronograma.

– Não tivemos a confirmação da SDR de que receberíamos os R$ 7,5 milhões previstos para 2010. Diminuímos o ritmo, o que causou um prejuízo inimaginável. Retiramos as máquinas e tem um milhão de peças prontas fora do canteiro de obras. Se o dinheiro vier na semana que vem, vamos retomar – garante Martins.

A arena é pré-moldada e tem grande volume de itens pré-fabricados, o que garante agilidade na construção, prevista para ser concluída em 18 meses a partir do início das obras.

Erro de cálculo causou o atraso

O gerente de infraestrutura da SDR, Milton Bley Jr, afirma que houve um erro no cálculo e o cronograma financeiro será modificado para dar continuidade à obra.

Os R$ 3,5 milhões que faltam estão garantidos e serão aplicados até o final do ano, segundo o gerente.

Centros de eventos são de grande importância para atrair turistas o ano todo, na avaliação do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih) em SC, João Eduardo Moritz. O presidente da Federação dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de SC, Estanislau Bresolin, lembra que a arena no Norte da Ilha é reivindicada há 20 anos pela rede hoteleira da região, que concentra 15 mil dos 30 mil leitos de Florianópolis. Fora da temporada de verão, esses hotéis têm baixa ocupação.

A Capital tem hoje um grande centro de convenções fora de hotel, o CentroSul, com capacidade para 2.560 pessoas sentadas na plenária principal. A Associação Catarinense de Medicina vai inaugurar na SC 401 um complexo de eventos em outubro, com capacidade para 3 mil pessoas.

Espaço cultural e poliesportivo
Área total: 17 mil metros quadrados
Arquibancadas: 5.102 pessoas
Área para shows: 2 mil pessoas
Capacidade total: 7.102 pessoas
Dois anfiteatros com capacidade para 240 lugares cada
Centro de convenções com 20 salas mais 2 para coffee-break
14 lanchonetes
10 cabines para imprensa
20 camarotes
Área externa na entrada da arena multiuso para exposições

(Por ALÍCIA ALÃO, DC, 01/09/2010)

spot_img
spot_img