23 C
fpolis
domingo, novembro 28, 2021
cinesytem

Australiano vence o Ironamn Brasil em Florianópolis

spot_img

Australiano vence o Ironamn Brasil em Florianópolis

spot_img

Florianópolis (SC) – O Vick Pastilhas Ironman Brasil 2010 tem novos vencedores. A única seletiva da América Latina para a final do Mundial Ironman realizou neste domingo (30) sua décima edição na capital catarinense e um australiano e uma canadense fizeram a festa na disputa. Luke McKenzie fez sua estreia na prova vencendo de ponta-a-ponta e ainda por cima estabeleceu o novo recorde para o masculino, que durava desde a primeira edição, marcando 8h07min38seg (anterior era 8h11min10seg, de Eduardo Sturla) para os 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,5. No feminino, a vitória ficou com a também estreante Tereza Macel que tem cidadania canadense e tcheca, com o tempo de 9h19min12seg.

O Brasil, que apostava no bom desempenho de Reinaldo Colucci, viu o atleta abandonar a competição ainda no ciclismo, após passar dos 130 quilômetros. Por outro lado, a torcida vibrou o excelente resultado do goiano Santiago Ascenço, que chegou em terceiro lugar, com 8h18min32seg, quase seis minutos atrás do segundo colocado, o argentino radicado no Brasil Ezequiel Morales, 8h12min43seg. No feminino, Silvia Fusco foi a melhor brasileira, com 10h15min56seg, na sétima colocação.

Luke McKenzie não conseguiu esconder a alegria da vitória, mas principalmente por bater o recorde da prova a ponto de apontar a conquista como a melhor experiência de sua vida. O australiano revelou que fez uma prova tranquila, mas que quando faltavam três quilômetros para a linha de chegada sua motivação aumentou. Ele ouviu do amigo brasileiro Rodrigo Eichler que se mantivesse o ritmo teria chance de bater o recorde. ´Dei tudo de mim para bater o tempo do Ironman 2001. Sem dúvida a melhor vitória e melhor experiência de minha vida`, salientou.

O australiano afirmou que sua prioridade é descansar para participar de dois Ironman 70.3, focando, com isso, a disputa do Havaí. Audacioso, decretou que sua performance em Florianópolis o deixou confiante para seguir para as próximas competições com 100% de chances de ganhá-las. Antes de seguir para a Austrália, Luke McKenzie prometeu um pit stop no Rio de Janeiro. ´Vou curtir com os amigos no Rio de Janeiro. Tomar umas cervejas para comemorar, mas só algumas`, brincou.

Tão feliz quanto Mackenzie estava o brasileiro Santiago Alves Ascenço. Com o tempo de 8h18min32, o goiano não se conteve ao afirmar que fez a prova ainda melhor do que projetava. ´Fazer o melhor tempo de um brasileiro no Ironman me deixa bastante orgulhoso. Estou muito, mas muito feliz com este resultado`, afirmou o triatleta que participou de seu segundo Ironman na carreira. ´Senti que este era o momento para fazer a prova em Florianópolis. Tive a oportunidade de correr aqui no ano passado, mas decidi evitar a pressão que certamente sofreria. Primeiro fui disputar lá fora`, revelou.

Santiago disse que desenvolveu uma prova estratégica. Focou na potência e em melhorar o desempenho em relação à primeira vez que disputou. ´Não forcei o corpo, pois sei que no Ironman quem força paga o preço, disse. Contou ainda que tudo deu certo e que a disputa foi percorrida permanentemente dentro do seu limite físico. ´Senti um pouco de solidão do outro lado da cidade, mas quando a gente chega aqui, com o incentivo da torcida, não sente mais nada`, completou. O melhor tempo de um brasileiro no evento, até então, era de 8h28min02. Santiago conseguiu baixar em 10 minutos e 30 segundos o tempo que era de Reinaldo Colucci.

O argentino Ezequiel Morales definiu o segundo lugar, com cinco minutos atrás de MacKenzie, como o despertar de um sonho. ´A melhor conquista de toda minha carreira esportiva`, disse. Ele destacou que a partir do centésimo quilômetro começou a poupar energia para o sprint final. ´Deu tudo certo, estou muito feliz`, resumiu Morales que no ano passado terminou a prova em quarto lugar.

Feminino

A popularidade do nome, que a fez se sentir em casa através do apoio da torcida, especialmente durante a maratona, foi um importante adicional à determinação de Tereza Macel para vencer a prova feminina do Vick Pastilhas Ironman Brasil. Para a tcheca naturalizada canadense, a prova foi muito difícil considerando as fortes adversárias. ´Tive que trabalhar duro para passar Dede. Minha estratégia era me aproximar e manter o passo com a ideia de passá-la mais próximo do final. A oportunidade veio, e passei antes que esperava`, comentou. ´Tive sorte em ter um nome brasileiro, pois as pessoas gritavam meu nome no caminho, me dando força e apoiando. E isso foi maravilhoso`, reconheceu Tereza.

Já a norte-americana Dede Griesbauer, campeã do ano passado e vice neste ano, comentou que a disputa na natação foi a melhor que já vez em toda vida de atleta. Lamentou a má performance no ciclismo, que a fez chegar sete minutos atrás da campeã, Tereza. ´Não estou envergonhada de chegar em segundo de maneira nenhuma`, resumiu Dede, que destacou entre seus planos a necessidade de tomar pílula, ligar para o marido. ´Adoraria um banho também`.

Casada com Ezequiel, vice na categoria masculina, a argentina Maria Soledad Omar comentou que focou o Iron 2010 como uma disputa especial na carreira. ´Sempre tive como características realizar provas conservadoras, mas não tenho mais 20 e poucos anos. Então decidi que daria o máximo. Apesar de ter puxado bastante no pedal, saí para correr inteira, estava me sentindo muito bem`, destacou Soledad, mostrando felicidade pelo segundo lugar do marido. ´A festa de comemoração vai ser uma verdadeira lua de mel. O pódio tem um sabor doce. Agora é partir pro Havaí`, finalizou.

Resultados

Masculino
1)Luke McKenzie (AUS), 8h07min38seg;
2) Ezequiel Morales (ARG), 8h12min43seg;
3) Santiago Ascenço (BRA), 8h18min32seg;
4) Eduardo Sturla (ARG), 8h20min24seg;
5)Oscar Galindez (ARG), 8h32min59seg.

Feminino
1) Tereza Macel (CAN) 9h19min12seg;
2) Dede Griesbauer (EUA), 9h26min08seg;
3) Maria Soledad Omar (ARG), 9h36min03seg;
4) Hilary Biscay (EUA), 9h44min38seg;
5) Donna Phellan (EUA), 9h44min45seg;
7) Silvia Fusco (BRA), 10h15min56seg.

O Vick Pastilhas Ironman Brasil 2010 é uma realização da Latin Sports e da Associação Brasileira de Esportes Endurance (ABEE), com patrocínio de Vick Pastilhas, co-patrocínio de Avon e Asics; apoio Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura de Santa Catarina (Fundesporte), Speedo, Sundown Sport, Gatorade, Unimed Grande Florianópolis, Prefeitura Municipal de Florianópolis, Latin Eco, Fundação Municipal de Esportes (FME/Fpolis), TV Latin, Federação de Triathlon de Santa Catarina (Fetrisc), Carbono Neutro, Videosoft, Barilla, Net, Le Monde Citröen, Jurerê Open Shopping, Grupo RBS e Casan.

Mais informações no site www.ironmanbrasil.com.br

Foto: Diego Redel

spot_img
spot_img