25.2 C
fpolis
sábado, janeiro 22, 2022
cinesytem

Ballet Bolshoi faz apresentação pública neste domingo em Florianópolis

Ballet Bolshoi faz apresentação pública neste domingo em Florianópolis

spot_img

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil prestigia as comemorações do aniversário de Florianópolis com uma apresentação pública neste domingo (22/03), no entorno da Praça XV de Novembro, marcando a reinauguração da Catedral Metropolitana, após quatro anos em reforma. O evento de reabertura do prédio histórico inicia às 19h, com missa celebrada pelo arcebispo de Florianópolis, Dom Murilo Krieger, inauguração da iluminação artística da fachada da Catedral e apresentação do Coral das Mil Vozes. Os 60 bailarinos do Bolshoi sobem ao palco às 21h30 para brindar o público com coreografias de ballet de repertório, entre elas, a apresentação de danças polovitzianas da Ópera “Príncipe Igor”. A programação encerra com um show pirotécnico na área central.

Iniciada em 1869, a ópera “Príncipe Igor” só foi finalizada após a morte de seu compositor, o russo Alexander Borodin. O libreto inspira-se no livro “A Saga do Exército de Igor”, narrativa que fala sobre a invasão do sul da Rússia, no século XII, por um povo bárbaro e nômade conhecido como polovitzianos.

A primeira versão das danças polovitzianas foi coreografada por Mikhail Fokine e estreou no dia 19 de março de 1909, provocando um forte contraste às tendências da época. Já a versão que será apresentada em Florianópolis pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, um século depois, é baseada na pesquisa de Kasyan Goleyzovsky, outro famoso coreógrafo russo. As danças polovitzianas evidenciam o corpo de baile da escola, numa remontagem que contou com a experiência de todos os mestres russos que viveram personagens no Teatro Bolshoi.

O ballet tem como cenário o acampamento dos polovitz, que acabaram de conquistar uma vitória sobre a tribo tarta, tendo príncipe Igor e seu filho como reféns, porém tratados com honra. As coreografias fazem parte do segundo ato da ópera, inspiradas nas músicas do povo polovitz, habitante da Ásia Central.

Coreografias:

Polonaise (Dança do Século XIX)

Música: F.Chopin / Coreografia: I.Rachinskaya

Bonecos

Música: A.Liadov / Coreografia: V.Vainonen

Dança Francesa (do II Ato do Ballet “O Quebra-Nozes”)

Música: P.Tchaikovsky / Coreografia: V.Vainonen, V.Vasiliev

Danças Polovitsianas (da Ópera “Principe Igor”)

Música: A.Borodin / Coreografia: K.Goleyzovky

spot_img
spot_img