15.8 C
fpolis
segunda-feira, julho 4, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Beira-Mar Continental será inaugurada no ano que vem

Beira-Mar Continental será inaugurada no ano que vem

spot_imgspot_img

O prefeito em exercido, Gean Loureiro, realizou hoje (10/11) visita de inspeção às obras da Avenida Beira-Mar Continental e comentou que ritmo do trabalho está de acordo com o cronograma estabelecido pela prefeitura. Gean afirmou que 75% do total do empreendimento estão construídos, faltando apenas concluir a pavimentação asfáltica, passeios, ciclovias, urbanização, iluminação e serviços complementares. “Durante a programação do aniversário da cidade, no dia 23 de março, vamos liberar as pistas e os serviços complementares: ciclovia, urbanização e iluminação. No final de 2010, quando termina o contrato com a as empreiteiras Sul Catarinense e Ster Engenharia Ltda, vamos inaugurá-la por completo”, afirmou.

Para o prefeito interino, a Avenida Beira-Mar Continental, depois de pronta, vai resgatar a auto-estima da população do Estreito, reativar o comércio local e desafogar o fluxo de veículos no bairro. Após a conclusão da obra, o trânsito vai sofrer algumas alterações para quem está no Continente e quer chegar à Ilha. Ele explicou que, neste sentido, as ruas Fúlvio Aducci e Coronel Pedro Demoro escoarão o trânsito em direção à Ponte Pedro Ivo Campos.

A Obra

A ordem de serviço para o início das obras da Avenida Beira-Mar Continental foi assinada para o consórcio Sul Catarinense e Ster Engenharia Ltda, no dia 23 de março de 2006, dentro das comemorações do aniversário de 280 anos do município. O projeto inclui o aterro de 120 mil metros quadrados onde serão construídos dois trechos, totalizando 1.600 metros de extensão.

O primeiro trecho vai ligar a Ponte Colombo Machado Salles à rua Machado de Assis e terá duas pistas com 960 metros de extensão, 11.40 metros de largura e seis faixas nos dois sentidos. O segundo trecho, que vai da rua Machado de Assis a Castro Alves Coronel Pedro Demoro será de 1.340 metros de extensão, por 11.40m de largura, com uma pista e três faixas, num sentido único: ponte-balneário.

As melhorias contemplam também os acessos às vias perpendiculares na região. Outra projeção é uma ciclovia de dois quilômetros de extensão e largura de 2,8 metros. Além disso, haverá cerca de 10.200 metros quadrados de estacionamento público em diversos pontos do Estreito, proporcionando vagas para 500 veículos.

O custo da obra é de R$ 43 milhões, dos quais R$ 157 mil por recursos garantidos através de financiamento internacional via Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata – Fonplata, que vai emprestar 80% do montante. Os outros 20% representam a contrapartida da Prefeitura Municipal de Florianópolis.

spot_img