25.2 C
fpolis
sábado, janeiro 22, 2022
cinesytem

Centro Cultural Arquipélago encerra com Recital Poético a 3ª Noite do Múltiplo

Centro Cultural Arquipélago encerra com Recital Poético a 3ª Noite do Múltiplo

spot_img

3ª Noite do Múltiplo + Recital Poético com Ray Bianchi

A exposição 3ª Noite do Múltiplo termina neste sábado 13 de março de 2010 no Arquipélago e, para marcar o encerramento, o poeta estadunidense Ray Bianchi faz um Recital Poético à partir das 18h. De passagem pelo Brasil, Ray lerá seus poemas em inglês, enquanto Dirce Waltrick do Amarante e Sérgio Medeiros os leem em português.

Será a última chance para apreciar as obras expostas n’A Noite do Múltiplo, que faz parte do projeto do Arquipélago de desmistificação e difusão da arte contemporânea. Os trabalhos também estão a venda, com preços acessíveis que vão de 50 a 300 reais. Entre os artistas participantes da 3ª Noite do Múltiplo estão vários alunos ou ex-alunos do CEART: Clara Fernandes, Fabiana Wielewicki, Flávia Duzzo, Flora Lindote, Gabrielle Althausen, Giorgio Filomeno, Julia Amaral, Letícia Weiduschadt, Marina Borck e Noara Quintana. Também presentes estão os artistas Alencar Loch, Carlos Franzói, Diego De Los Campos, Fernando Lindote, Glaucis De Morais, Greice Rosa, Guy Amado, João Loureiro, Karina Zen, Mariana Silva Da Silva, Marco Antonio Portela, Marcos Sari, Priscila Dos Anjos, Roberta Tassinari e Sonia Beltrame.

Já o poeta Ray Bianchi vem da capital do Blues, Chicago (EUA), onde escreve, traduz e participa de recitais, em bares ou galerias de arte. Chicago também se destaca como centro de uma espetacular arte pública, que reúne nas ruas e praças grandes obras-primas de Picasso e Kapoor, entre tantas outras. Ray, que já viveu no Brasil e é casado com uma brasileira de Blumenau, fala português e espanhol, além de italiano. Publicou três livros de poesia, Circular Descent, em 2003, American Master, em 2004, e & Immediate Empire, em 2008.

Voltando a exposição, o termo Múltiplo, escolhido para batizar a mostra, designa obras de arte reproduzíveis por meio de uma matriz feita à mão ou por processos industriais a partir de um protótipo, projeto ou instruções apresentados pelo artista. O termo começou a ser utilizado nos anos 60, referindo-se a trabalhos artísticos reproduzidos com certo número de cópias, propondo uma maior acessibilidade à obra de arte.

Serviço:

O quê: 3ª Noite do Múltiplo + Recital Poético com Ray Bianchi
Onde: Centro Cultural Arquipélago – Rua Idalina Pereira dos Santos, 81, Agronômica, Florianópolis (perto do Centro Integrado de Cultura).
Fone: 3024-5066. www.arquipelago.art.com.br
Quando: 13 de março de 2010 a partir das 18h.

ENTRADA GRATUITA

spot_img
spot_img