19.7 C
fpolis
sexta-feira, maio 24, 2024
Cinesystem

Cerimônia de premiação do VI Concurso de Cartazes contra Homo-lesbo-transfobia e Heterossexismo nas Escolas ocorre hoje

spot_img

Cerimônia de premiação do VI Concurso de Cartazes contra Homo-lesbo-transfobia e Heterossexismo nas Escolas ocorre hoje

spot_imgspot_img

A cerimônia de encerramento e entrega de prêmios do VI Concurso de Cartazes contra Homo-lesbo-transfobia e Heterossexismo nas Escolas será realizada nesta sexta-feira, 27, das 14h às 18h, no auditório da Reitoria da UFSC. A escolha desta data faz referência ao Dia Internacional do Orgulho LGBT, comemorado em 28 de junho. No evento, serão prestigiadas 230 pessoas, entre professoras e estudantes da rede pública – que, em muitos casos, estarão visitando a UFSC pela primeira vez. As informações são da Agecom. 

O concurso, que chega à sua sexta edição em 2014, contou com a participação de cerca de 1200 estudantes e 26 docentes de 19 instituições de ensino da rede pública da Capital e municípios vizinhos, produzindo um total de 135 cartazes com mensagens de combate às violências contra pessoas não-heterossexuais. Cada escola selecionou os três melhores cartazes por turma para participar da etapa final do concurso, concorrendo a prêmios em quatro categorias diferentes: “Prêmio Científico”, “Prêmio NIGS”, “Prêmio Popular Presencial” e “Prêmio Popular Facebook Oficial”.

Durante toda a semana, os melhores cartazes produzidos sobre o tema por alunos e alunas de Ensino Fundamental, Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Grande Florianópolis ficaram expostos no hall da Reitoria da universidade. Quem circulou pelo espaço pode conferir os trabalhos e votar no seu cartaz favorito.

As equipes vencedoras ganharão uma viagem para o parque de diversões Beto Carreiro World. O trabalho pedagógico dos educadores e educadoras também será valorizado com categoria “Educador/Educadora Destaque em Gênero e Sexualidade”, que premiará três professores/as com tablets.

A atividade, que conta com o apoio da Band/SC, é um dos eixos de atuação do Projeto de Extensão Papo Sério, realizado pelo Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS) da UFSC desde 2007. O objetivo é romper com o regime de silêncio que vigora nas escolas sobre as temáticas de sexualidade, desigualdade de gênero e violências diversas.
 

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img