17.4 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 9, 2021
cinesytem

Ciúmes: o que você sabe sobre o medo de perder?

spot_imgspot_img

Ciúmes: o que você sabe sobre o medo de perder?

spot_img

A psiquiatra Julia Trindade comenta que esse sentimento é algo natural de se sentir, mas em excesso pode trazer problemas

               Você conhece alguém muito ciumento? Para a psiquiatra Julia Trindade, sentir ciúmes é algo natural e todo mundo, de alguma forma, sente isso. No entanto, quando esse sentimento é em excesso, pode causar problemas.

“O ciúmes nada mais é que o medo de perder, de perder a exclusividade do outro. Num relacionamento ele pode até ser um tempero, mas em excesso pode trazer muito prejuízo”, explica a psiquiatra.

Quando o ciúmes é demais na relação?

               Para Julia, o ciúmes em excesso num relacionamento pode ser percebido quando as pessoas começam a se isolar, não deixam o outro sair e também não querem, ficam escutando conversas e sempre achando que a qualquer momento irá acontecer uma traição.

               “É importante destacar que essas situações falam muito mais da pessoa ciumenta, do que a outra envolvida na relação”, ressalta a psiquiatra. Julia comenta ainda que esse medo de não ter um amor, de ser traído a qualquer momento faz com que a pessoa tenha comportamentos descontrolados.

               E aí, entra uma questão: esses descontroles, podem ter relação com algum transtorno mental? A resposta é sim!

               *Em alguns transtornos mentais, como o Transtorno Borderline, o medo de perder o outro e o ciúmes podem aparecer de maneira intensa. Existe ainda um tipo de transtorno obsessivo, também conhecido como ciúme obsessivo, no qual a pessoa tem muito medo e acha que a qualquer momento será traída.*

               “Ciúme em excesso não é normal e não faz parte do relacionamento”, enfatiza Julia. A psiquiatra reforça ainda que não é bom naturalizar o ciúmes e nem deixar de fazer o que se gosta em função do outro. Caso contrário, isso será maléfico para a relação.

               Por isso, a recomendação é manter um diálogo saudável e caso precisar, buscar uma ajuda profissional qualificada.

Foto: Psiquiatra Julia Trindade atende em Florianópolis – crédito Patric Jacques

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img

Leia mais