25.3 C
fpolis
segunda-feira, janeiro 24, 2022
cinesytem

Começa a humanização da Paulo Fontes

Começa a humanização da Paulo Fontes

spot_img

O prefeito em exercício e Secretário de Transportes, Mobilidade e Terminais, João Batista Nunes, deu início nesta quinta-feira, 15, a humanização da avenida Paulo Fontes, que terá o trecho entre o TICEN e o Mercado Público transformado em calçadão, dando prioridade aos pedestres e transporte urbano, além de resgatar o patrimônio histórico e cultural da cidade. Numa primeira etapa foi fechada a pista no sentindo Centro/Beira-mar Norte. A partir das 14 horas os motoristas que desciam a Praça XV (rua Arcipreste Paiva) não puderam mais dobrar a direita na Paulo Fontes, com os carros seguindo o sentindo único à esquerda em direção à avenida Hercílio Luz. A interdição do acesso foi feita com cones pela Polícia Militar e Guarda Municipal que controlaram o trânsito no local.

Com o fechamento do tráfego da pista junto ao Mercado Municipal os carros que vêm do Sul da Ilha, avenida Mauro Ramos e outras vias não podem mais utilizar a Paulo Fontes para acessar a Beira-mar Norte. O trecho está fechado para veículos, permitindo apenas a circulação de caminhões para carga e descarga no Mercado Público, das 6 as 9 horas, e táxis do ponto do Largo da Alfândega, que foram transferidos para a Zona Azul da Paulo Fontes.

O prefeito interino salientou que a humanização da área vai beneficiar cerca de 230 mil pedestres que circulam diariamente nas proximidades do TICEN e que faz parte das ações da atual administração para dar prioridade ao transporte público e ao resgate do patrimônio cultural da Capital. “Estamos numa fase conceitual que pode precisar de ajustes e pedimos a compreensão e o apoio da população”, justificou João Batista Nunes. Ele ressaltou que pela primeira vez se tenta implementar as mudanças já sugeridas por especialistas do Instituto Jaime Lerner, do Paraná, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e do Instituto de Urbanismo e Planejamento de Florianópolis (Ipuf), que propuseram a humanização do Centro.

Nova etapa

Já a partir da zero hora da próxima terça-feira, 20, a Prefeitura deve realizar uma segunda etapa do projeto com o fechamento do trânsito na pista da Paulo Fontes, sentido Beira-mar Norte/Mauro Ramos. O trecho entre as ruas Pedro Bittencourt e Deodoro será também fechado para veículos. Com a medida a parte da Paulo Fontes entre o Mercado e o TICEN vira um calçadão, com exceção apenas do acesso dos ônibus ao terminal de integração, que será feito por uma canaleta exclusiva. Os ônibus que vêem da Beira-mar Norte terão mais uma Linha Branca a ser implantada. Os coletivos que descem a rua Pedro Ivo também ganharão uma faixa exclusiva para chegar ao terminal central.

Outra medida será a inversão do trânsito na rua Álvaro de Carvalho, também a partir da zero hora, com os carros subindo da rua Francisco Tolentino até a Tenente Silveira (esquina da biblioteca pública). A mudança vai permitir o fechamento para veículos do trecho da avenida Felipe Schmidt entre as ruas Álvaro de Carvalho e 7 de Setembro, que também será transformado em calçadão. O estacionamento de motos em frente às Lojas Americanas será mantido. A humanização da Paulo Fontes está envolvendo mais de cem profissionais das secretarias de Transportes, de Obras e de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, via IPUF (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis), Polícia Militar e Guarda Municipal.

spot_img
spot_img