30.1 C
fpolis
segunda-feira, janeiro 24, 2022
cinesytem

Divulgado o último relatório semanal de balneabilidade referente à temporada 2018-2019 em SC

Divulgado o último relatório semanal de balneabilidade referente à temporada 2018-2019 em SC

spot_img

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) divulga o último relatório semanal de balneabilidade referente à temporada 2018-2019. Segundo as coletas, realizadas de 25 a 29 de março, a qualidade da água do mar para banho humano teve melhora, chegando a 74,7%. De abril a outubro, os relatórios são divulgados mensalmente.

Em Florianópolis, dos 85 pontos analisados, 64 estão próprios, o que representa 75,3%. No restante do litoral, dos 144 locais averiguados, em 107 recomenda-se o mergulho. Em relação ao relatório anterior, 16 pontos passaram da condição de impróprio para próprio e quatro de próprio para impróprio.

As amostragens e ensaios são efetuados nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo e São José.

A partir de agora as coletas são realizadas mensalmente, com exceção de Balneário Camboriú onde as amostras e resultados permanecem semanais por determinação judicial. O IMA reforça que os banhistas, mesmo na baixa temporada, consultem o site de balneabilidade, especialmente o histórico, para o amplo conhecimento da situação de cada praia.

 

Balneabilidade 2018-2019

A temporada 2018-2019 chegou com novidades para a balneabilidade realizada pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina. Cada vez mais moderno, o IMA lançou o site específico para consulta sobre a qualidade da água do mar para banho humano. Desde que foi ao ar, em 1º de dezembro de 2018, o portal recebeu a visita de 125 mil usuários.

Novos pontos

Além do site balneabilidade, o IMA aumentou o número de pontos analisados em todo o litoral, passando de 215 para 229. Foram 10 pontos a mais em Florianópolis e quatro no restante do litoral.

spot_img
spot_img