20.2 C
fpolis
quarta-feira, julho 6, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Estudantes de São José se destacam em desafio nacional do SENAI

Estudantes de São José se destacam em desafio nacional do SENAI

spot_imgspot_img

Projetos integradores aliam teoria à prática e fortalecem o desenvolvimento de conhecimentos teóricos, habilidades de execução de tarefas e comportamentos esperados no ambiente de trabalho; catarinenses conquistaram as três categorias, além de dois vice campeonatos e um terceiro lugar

Estudantes catarinenses conquistaram seis das nove premiações do Desafio SENAI de Projetos Inovadores (DSPI), que envolveu 2,6 mil projetos de todo o Brasil. A proposta do prêmio é fomentar o uso da Metodologia SENAI de Educação Profissional e o empreendedorismo como processo de inovação pela educação. Estudantes catarinenses venceram as três categorias. Uma equipe de São José conquistou o terceiro lugar na disputa entre alunos de Cursos Técnicos com o projeto Recycle Tree.

“Os projetos integradores aliam a teoria à prática; fazem com que o estudante experimente no ambiente escolar os desafios que vai encontrar no mercado de trabalho”, explica o diretor regional do SENAI e diretor de educação e tecnologia da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Fabrizio Machado Pereira. “Os alunos trabalham a criatividade, a pesquisa e o trabalho colaborativo. Neste contexto, o estudante chega às empresas mais preparado, garantindo assim melhores condições de empregabilidade”, acrescenta.

Os projetos integradores são atividades práticas nas quais os estudantes resolvem problemas reais, buscando soluções integradas de diversas disciplinas ou áreas do conhecimento. Neste contexto, eles desenvolvem conhecimentos teóricos, habilidades de realizar as tarefas e as atitudes esperadas no ambiente profissional. São comportamentos como a autonomia na busca de soluções, capacidade de trabalho em equipe. Como resultado, há a entrega de uma solução (um protótipo) para o desafio (problema) escolhido. Os projetos são desenvolvidos dentro das situações de aprendizagem do curso do aluno.

Além de terem sido campeões nas três categorias realizadas – aprendizagem industrial, curso técnico, curso superior, os estudantes catarinenses conquistaram mais dois vice-campeonatos e um terceiro lugar.

Cinco alunos de São José – Guilherme Sordi, Samuel Silva, Sara Cardoso, Julia Bilhan e Leticia Colasso – conquistaram o terceiro lugar na categoria Curso Técnico. Com apoio dos professores Jackson Dener Wrublak, Ana Paula Negri e Maria Claudia Negri eles criaram a Recycle Tree, plataforma que aproxima grandes geradores de lixo reciclável de coletores. A ferramenta permite o cadastramento de empresas que descartam resíduos recicláveis e facilita a organização horários de coleta e rotas, o que reduz despesas com gasolina e otimiza o tempo de trabalho. O objetivo da plataforma, que foi projetada com interface simples e intuitiva, pretende aumentar o volume de coleta de recicláveis. 

Veja a classificação final nas três categorias:

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL

1º lugar – projeto EYE S EPI (SC – Caçador)

2º lugar – projeto GAIA (SC – Caçador)

3º lugar – projeto SUP OXI (RJ)

CURSO TÉCNICO

1º lugar – projeto ADAPTMAK (SC – Tubarão)

2º lugar – projeto TIE UP CARGO (SP)

3º lugar – projeto RECYCLE TREE (SC – São José)

CURSO SUPERIOR

1º lugar – projeto HORTA 4.0 (SC – Chapecó)

2º lugar – projeto RECICLAGEM PLA (SC – Joinville)

3º lugar – projeto TAGSOLUM (MT)

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img