19.6 C
fpolis
terça-feira, setembro 21, 2021
cinesytem

Filme sobre ‘Médicos Sem Fronteiras’ será exibido no Sesc Prainha

spot_img

Filme sobre ‘Médicos Sem Fronteiras’ será exibido no Sesc Prainha

A organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) apresentará no dia 17 de março, às 19h30, no Sesc em Florianópolis (Prainha), uma sessão gratuita do documentário “Acesso à Zona de Perigo”. Após a exibição, dois profissionais da organização participam de um bate-papo com o público. Os ingressos são limitados e serão distribuídos por ordem de chegada, uma hora antes de iniciar o evento.

 Dirigido por Peter Casaer e Eddie Gregoor, o longa-metragem é narrado pelo ator Daniel Day-Lewis e relata as dificuldades enfrentadas por organizações humanitárias, como MSF e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), para atuarem em locais de conflitos. As cenas iniciais mostram o exato momento em que parte da equipe de Médicos Sem Fronteiras que trabalha no campo de refugiados de Dadaab, no Quênia, foi obrigada a abandonar o local por questões de segurança. O filme segue retratando as dificuldades encontradas na Somália, na República Democrática do Congo e no Afeganistão.

 O documentário retrata o quão delicadas são as relações com as partes envolvidas no conflito, as concessões que precisam ser feitas e o nível de tensão aos quais os profissionais estão submetidos. As organizações humanitárias sempre trabalharam sob fogo cruzado, mas está cada vez mais perigoso fazer isso. Só na última década, mais de 230 agentes humanitários, nacionais e internacionais, foram mortos.

 Sobre Médicos Sem Fronteiras – organização humanitária internacional que leva ajuda médica de emergência a vítimas de conflitos armados, epidemias, desastres naturais e a pessoas excluídas do acesso à saúde. Criada em 1971 por médicos e jornalistas, a organização também tem o compromisso de chamar a atenção para o sofrimento de seus pacientes e para os obstáculos que impedem a oferta de ajuda. MSF hoje mantém projetos em mais de 70 países e conta com escritórios em 29 países, inclusive no Brasil. Esse trabalho é realizado por mais de 34 mil profissionais de todo o mundo que atuam nas áreas médica, logística, administrativa, finanças, comunicação, entre outras. Em 1999, MSF recebeu o prêmio Nobel da Paz.

spot_img
spot_img

Leia mais