15.9 C
fpolis
sexta-feira, julho 1, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Força-tarefa vai coordenar obras de emergência na cidade

Força-tarefa vai coordenar obras de emergência na cidade

spot_imgspot_img

Uma força-tarefa vai coordenar as obras imediatas a serem realizadas em Florianópolis, com base num relatório que já está sendo elaborado pelos intendentes regionais e os técnicos da Defesa Civil. O grupo foi formado na manhã deste domingo (23/11), em reunião com secretários e assessores de governo, no gabinete do prefeito. O objetivo da medida é acelerar o processo de tomada de decisão quanto à realização de obras e contratação de serviços emergenciais para minimizar os danos causados pela chuva. Até o momento, já foram registradas cerca de 250 ocorrências na cidade e 80 pessoas estão abrigadas provisoriamente em alojamentos no Norte e Sul da Ilha.

A força-tarefa vai ter uma base funcionando na sede da Defesa Civil Municipal, à Rua Deodoro. A coordenação estratégica dos trabalhos ficará sob responsabilidade do prefeito em exercício, Rubens Carlos Bita Pereira, e do vice-prefeito eleito, João Batista Nunes, enquanto que a coordenação operacional será do Secretário de Segurança Pública e Defesa do Cidadão, Ildo Rosa. Uma das primeiras medidas adotadas é a convocação de operadores de máquinas e motoristas das secretarias para ficarem de prontidão para atender ocorrências e pequenas obras que forem definidas pelo grupo.

Uma reunião com líderes comunitários do Maciço do Morro da Cruz, representantes das secretarias de Habitação e do Continente, além de engenheiros e assistentes sociais vai mapear áreas de risco a serem visitadas ainda hoje. A partir da avaliação dos técnicos, a força-tarefa vai definir a necessidade de retirar ou não outras famílias do local por medidas de segurança.

A força-tarefa é formada por representantes das secretarias de Obras, Comcap, Secretaria de Defesa do Cidadão / Defesa Civil, Assistência Social e Secretaria de Saúde. Equipes da Secretaria de Assistência Social e da Vigilância Sanitária vão visitar os alojamentos montados na escola Básica Osmar Cunha e Conselho Municipal do Rio Tavares para atendimento e fornecimento de alimentos, colchões, e outros produtos, além de verificação das condições de saúde dos abrigados. ” A prioridade é atender a população”, destaca o Secretário de Segurança Pública e Defesa do Cidadão, Ildo Rosa.

Um outro grupo de trabalho deverá iniciar o desassoreamento de canais e a limpeza de valas para facilitar o escoamento da água, especialmente nas comunidades da região do Rio Tavares, Rio Tomé, Lagoa da Chica, Rio Papaquara e nas imediações da SC 405.

spot_img