19.7 C
fpolis
sexta-feira, maio 24, 2024
Cinesystem

Gustavo Nazareno é o convidado do Instituto Conversa amanhã, dia 7

spot_img

Gustavo Nazareno é o convidado do Instituto Conversa amanhã, dia 7

spot_imgspot_img

Uma produção artística que aproxima a história da arte, o sincretismo religioso e a moda, um artista – Gustavo Nazareno – que se faz conhecer em Santa Catarina por intermédio de “Exu”, a única obra de sua autoria inserida na exposição “Etérea” que permanece aberta com entrada gratuita até 29 de junho, no Instituto Collaço Paulo – Centro de Arte e Educação, em Florianópolis (SC). Amanhã, dia 7, às 17 horas, ocorre mais um Instituto Conversa, programa do Núcleo Educativo que oferece uma oportunidade para conhecer Nazareno. Intitulada “Entre o Ancestral e o Contemporâneo”, a conversa será realizada em formato híbrido com a mediação de Marcello Carpes no Instituto Collaço Paulo e o artista falando virtualmente de São Paulo. Com entrada gratuita, a participação é por ordem de chegada e as vagas são limitadas.

Embora obra única na mostra “Etérea”, “Exu” impacta os visitantes pela dimensão da representação afrodescendente, pela qualidade da pintura, na qual as cores preta e vermelha alcançam infinitas tonalidades, pelo misterioso olhar dessa divindade do candomblé, entidade da criatividade e da comunicação, orixá do movimento. Imponente, a tela se sobrepõe no espaço expositivo. Sobre essa obra específica, bem como o próprio trabalho e a produção contemporânea são os temas centrais desta fala que também transitará pelo atual momento, a carreira e suas influências.

Mineiro, 30 anos, Gustavo Nazareno vive e atua em São Paulo, empenhado em uma trajetória que inicialmente chama a atenção no circuito internacional, pois a primeira exposição individual ocorreu em Londres. Seus trabalhos transitam entre ancestralidade e fé. O lápis e o pincel são suas principais ferramentas para constituir desenhos de pinturas provocativas em favor de reflexões sobre o racismo, a tolerância religiosa, o Brasil do momento atual. O portfólio do artista aponta um panteão de orixás representados, além de Exu e temas vinculados a oferendas. Também aparecem, entre outros, Oxóssi, Ogum, Iku, esse orixá das passagens na cultura afro-brasileira.

A experimentação técnica e o virtuosismo dos desenhos e pinturas de Nazareno conquistaram o mercado brasileiro e a cena internacional. Além de Londres, ele já expôs na Itália e nos países africanos Tunísia e Gana. Com agenda cheia, ele se prepara para expor neste ano, em junho e setembro, em Milão, na Itália, e em 2025, estará no The DuSable Black History Museum and Education Center, em Chicago, nos Estados Unidos. “Vou unir muitas pesquisas para fazer uma exposição gigante”, diz ele em entrevista exclusiva para o site do instituto (https://institutocollacopaulo.com.br/arte-e-espiritualidade/).

Exposição Etérea

A mostra, aberta até 29 de junho, reúne cerca de cem obras, entre trabalhos artísticos e artefatos que se aproximam pelo sagrado. Os trabalhos se situam entre os séculos 14 e 21 e abarcam distintas materialidades e linguagens – bronze, cerâmica, madeira, pintura, escultura, entre outras. Uma atenta percepção do espectador acionará relações entre ritos, mitos e símbolos religiosos, um modo como as tradições religiosas adotaram para se comunicar com os fiéis. Entre tempos imemoriais, o antigo e a atualidade, com “suas heterogêneas abordagens”, como diz a curadora Francine Goudel, a exposição propõe conexões entre aspectos materiais e espirituais de gerações distintas, ajudando, quem sabe, a conhecer e apreender o mundo e a existência sob uma nova ótica.

A iniciativa conta com o apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi), o apoio cultural da Corporate Park, Ibagy e Paradigma Cine Arte, e o patrocínio da Prefeitura de Florianópolis por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (modalidade doação), Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes.

Serviço

O quê: Instituto Conversa, “Entre o Ancestral e o Contemporâneo”, com Gustavo Nazareno

Quando: Amanhã, 7.5.2024, 17h às 18h30

Onde: Instituto Collaço Paulo – Centro de Arte e Educação, rua Des. Pedro Silva, 2.568, bairro Coqueiros, Florianópolis (SC), tel.: (48) 3025-4058

Quanto: gratuito

O quê: exposição “Etérea”

Quando: Até 29.6.2024; seg. a sáb., 13h30 às 18h30

Onde: Instituto Collaço Paulo – Centro de Arte e Educação, rua Des. Pedro Silva, 2.568, bairro Coqueiros, Florianópolis (SC), tel.: (48) 3025-4058

Quanto: gratuito

Saiba Mais

www.institutocollacopaulo.com.br

@institutocollacopaulo

educativo@institutocollacopaulo.com.br

Teaser 2024 Instituto Collaço Paulo – Centro de Arte e Educação

Realização

Instituto Collaço Paulo – Centro de Arte e Educação

Apoio

Sesi

Apoio Cultural

Corporate Park, Ibagy e Paradigma Cine Arte

Patrocínio

Prefeitura de Florianópolis por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (modalidade doação), Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes

editor.deolhonailha
editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img