13.9 C
fpolis
terça-feira, maio 24, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Ingleses, no norte da Ilha, ganha Central de Videomonitoramento

spot_img

Ingleses, no norte da Ilha, ganha Central de Videomonitoramento

spot_imgspot_img

Florianópolis (24.01.2012) – A Secretaria da Segurança Pública (SSP)
ativou na tarde de segunda-feira (23), a Central de Videomonitoramento da
praia dos Ingleses, no norte da Ilha. Serão oito câmeras nos pontos de
maior movimento e que vão se somar a outras cinco, já existentes,
instaladas pela iniciativa privada. Todo o monitoramento das imagens será
feito a partir da base operacional da Polícia Militar, localizada na rua
Fernando Becker, no centro dos Ingleses.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, promotor de Justiça César
Augusto Grubba, a meta é instalar 1,4 mil câmeras de monitoramento
eletrônico em todo o Estado ainda no primeiro semestre deste ano.

Em seu discurso, o secretário enfatizou a importância da tecnologia como
aliada das forças policiais na prevenção e apuração dos crimes.“Em caso de
alguma atitude suspeita ou da ação de algum criminoso, a Polícia Militar
visualiza a ação nas câmeras e aciona reforços para abordagem do suspeito,
diminuindo consideravelmente o tempo de resposta na proteção da
integridade física e material do cidadão,” explicou. Além disso, esclarece
Grubba, este sistema também permitirá um trabalho com foco na investigação
policial, uma vez que as imagens serão disponibilizadas às delegacias de
polícia.

O secretário voltou a ressaltar que de nada adianta todo este
investimento na área tecnológica se não houver o comprometimento do
profissional de Segurança Pública. “De nada adianta comprarmos novas
viaturas, arma, coletes, instalarmos centrais de videomonitoramento se
não houver comprometimento do profissional de segurança pública”, disse
Grubba.

Os equipamentos foram instalados em pontos estratégicos do bairro e além
de prevenir a criminalidade, também poderão facilitar os trabalhos de
investigação da Polícia Civil.“O ideal é que as câmeras inibam os atos
criminosos, mas se o crime ocorrer e não for possível prender o autor em
flagrante pela Polícia Militar, as câmeras podem agilizar a atuação da
Polícia Civil, no que tange a identificação e localização de suspeitos”,
afirmou o Delegado Geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro D´Ávila.

Para o Delegado Titular da 8ª Delegacia de Polícia dos Ingleses, Antônio
Cláudio de Seixas Joca, ocrrências relacionadas a furtos e tráfico de
drogas são as principais demandas da 8a. DP. “Muito em breve teremos
acesso via internet das imagens das câmeras de monitoramento eletrônico, o
que vai agilizar ainda mais a atuação da Polícia Civil,” explica Joca.
Outra vantagem na resolução dos crimes é que as imagens da câmeras vão
ficar armazenadas por até 30 dias, ajudando especialmente na identificação
de suspeitos.

Nesta quarta-feira, 25, é a vez de Coqueiros e região receberem o sistema
de videomonitoramento. A inauguração da Central de Videomonitoramento
acontece a partir das 10h na Avenida Max de Souza, junto à base
operacional da Polícia Militar, no bairro Coqueiros..Também serão ativadas
as câmeras nas pontes Pedro Ivo e Colombo Salles, além do início do
sistema de reconhecimento de placas de veículos e facial. O projeto de
videomonitoramento, um investimento de R$ 2,5 milhões, é resultado de uma
parceria entre as secretarias de Estado da Segurança Pública, Turismo,
Cultura e Esporte e Prefeitura Municipal de Florianópolis.

spot_img