19.2 C
fpolis
quinta-feira, outubro 21, 2021
cinesytem

Justiça mantém interdição de cadeia da 3ª Delegacia de Polícia de Florianópolis

spot_img

Justiça mantém interdição de cadeia da 3ª Delegacia de Polícia de Florianópolis

spot_img

Foi mantida em segundo grau a interdição da cadeia anexa à 3ª Delegacia de Polícia de Florianópolis, localizada na Rua Santos Saraiva, no bairro Capoeiras, região continental da cidade, obtida em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC). O Estado tem seis meses para desativar a cadeia. A decisão é passível de recurso.

A ação foi ajuizada em 2007 pela 30ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital. Na ação, além da falta de condições sanitárias, prevenção contra incêndios e de segurança, a Promotoria de Justiça demonstrou que o zoneamento municipal não permite este tipo de estrutura naquele local.

Apresenta, também, laudos técnicos apontando problemas na higiene, limpeza, saúde, no abastecimento de água e nas instalações elétricas. Junta nos autos do processo, inclusive, abaixo-assinado dos moradores da região e ofício do CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança) ao município solicitando a exigência da paralisação das atividades no local.

Diante dos fatos apresentados pelo MP-SC, o Juízo da Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital proferiu sentença que determina a desativação da cadeia em 2011. Porém, a decisão foi suspensa com a interposição de recurso pelo Estado de Santa Catarina.

Agora, o recurso do Estado foi desprovido por unanimidade da Terceira Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. A decisão, conforme requereu o Ministério Público, alcança apenas a área destinada à cadeia, e não a Delegacia de Polícia, que deve continuar operando no local.

spot_img
spot_img