26.8 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Lançamento do TUM Sound Festival destaca importância da cultura para o período pós pandemia

spot_img

Lançamento do TUM Sound Festival destaca importância da cultura para o período pós pandemia

spot_img

Quarta edição do evento receberá profissionais de 20 estados e terá rodadas de negócios e shows para gerar visibilidade para os artistas

Músicos, autoridades, artistas, jornalistas e amantes da música participaram na quinta-feira (28/10) do lançamento da quarta edição do TUM Sound Festival – Música, Inovação e Empreendedorismo. O evento, agendado para os dias 12, 13 e 14 de novembro, vai ter a participação de profissionais de 20 estados brasileiros e de seis países e uma programação que inclui shows, workshops, palestras e rodadas de negócios promovidas em parceria com o Sebrae-SC.

Idealizadora do festival, a produtora Ivanna Tolotti destacou a importância do estímulo à economia criativa no momento de retomada pós-pandemia. “A atividade econômica associada à cultura vinha apresentando crescimento significativo em todo o mundo nos últimos anos. O movimento perdeu intensidade por um tempo com o surgimento da Covid 19, mas há consenso de que após a retomada da normalidade o setor vai deslanchar no exterior e também aqui no Brasil”.

Ela lembrou o fato de que a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu 2021 como o Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável. “No último ano e meio as pessoas perceberam como a cultura é essencial para a qualidade de vida, o que certamente terá efeitos duradouros e positivos para o setor. Com o TUM, queremos fazer parte desse movimento de retomada”. 

O mercado musical brasileiro é diversificado, gera muitos empregos e tem grande número de talentos à espera de oportunidades. O edital de seleção de bandas para o TUM 2021, por exemplo, teve 657 inscritos – e 16 artistas vão se apresentar nos três dias do evento. “Todo o esforço para fortalecer a cadeia produtiva, incentivar esse mercado e gerar mais oportunidades de visibilidade para bandas e cantores é importante”, diz Ivanna, que destacou o papel de parceiros como o Sebrae no incentivo à profissionalização do setor.

Representantes do setor público, o presidente da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Fábio Botelho, e o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Edson Lemos, lembraram da importância do apoio público ao setor cultural e aos artistas. Há poucas semanas o Governo estadual lançou o SC Mais Cultura, que prevê uma série de ações para a área – entre elas, o Programa de Incentivo à Cultura (PIC), também chamado Lei do Mecenato, que pode garantir investimentos de R$ 75 milhões no setor só esse ano.

Aprovado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura, o TUM tem patrocínio da Prefeitura de Florianópolis e apoio da Ibagy, do Sebrae SC e da Palco MP3.

Foto: Créditos Sandra Puente

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img