21 C
fpolis
sábado, janeiro 29, 2022

Mi Muñequita no Teatro da Ubro neste fim de semana!

Mi Muñequita no Teatro da Ubro neste fim de semana!

spot_img

Entre o drama e a comédia, o espetáculo Mi Muñequita conta a história de uma adolescente que usa sua boneca preferida, La Huerfanita, para enfrentar e se libertar da violência gerada pela própria família. A menina, chamada na peça de La Nena, vive com seus parentes desajustados, La Madre, uma mulher frustrada, El Padre, um homem ausente e El Tio, um senhor rancoroso, em um perverso jogo de adultos que inclui traumas e vinganças.

O enredo apresenta situações grotescas e também muito engraçadas, onde seus personagens cantam e dançam seus risos, dores e amores, no ritmo de um humor quase negro. Com narrativa moderna, a peça conta ainda com El Presentador, o mestre de cerimônias que nos conduz no espetáculo.

O texto original, de Gabriel Calderón, faz enorme sucesso no Uruguai, em cartaz há quatro anos, onde ganhou e foi indicado a vários prêmios por texto, direção e atuação. Esta é a primeira vez que a obra é adaptada para a língua portuguesa.

Na versão tupiniquim, traduzida por Esteban Campanela e com direção de Renato Turnes, Mi Muñequita ganha novas cenas e improvisos. O tom melodramático, tão comum na estética latina, é o ponto forte desta obra tragicômica. “Optamos também por manter os nomes das personagens em espanhol, que são na verdade arquetípicos, como o pai e a mãe, assim como a trilha sonora, para reforçar o clima latino. Mas inserimos muita coisa, que acabou tornando a adaptação ainda mais engraçada”, afirma Turnes, experiente ator, que pela primeira vez assina a direção de um espetáculo profissional.

O resultado desta montagem é um show de variedades bizarro, freak-show doméstico, que mescla inspirações no repertório das TVs sensacionalistas, no mundo cão, no circo e no teatro do melodrama. A TV, o sensacionalismo, assim como a interferência direta do público em um drama privado, influenciaram muito a estrutura da peça.

A peça é repleta de memórias sensoriais latinas, como Almodóvar, as músicas românticas dos anos 70, do figurino desta década, do filme Cria Cuervos de Carlos Saura, entre outras referências da infância tanto do diretor como do elenco.

Mi Muñequita é uma obra teatral que faz rir e faz chorar, ou chorar de rir. Com seu excesso de sentimentos desesperados, tragédia e comédia se tornam estilos dramáticos inseparáveis e indistinguíveis.

A montagem deste espetáculo produzido pela Ponte Cultural foi viabilizada através do Prêmio Municipal de Incentivo à Cultura da Fundação Franklin Cascaes, em 2008 e integrou o projeto de itinerância do SESC/SC de 2009, o EmCena Catarina.

SERVIÇO

Mi Muñequita
Data: 09 a 11 de outubro, sex a dom
Ingresso: R$ 30 inteira e R$ 15 meia-entrada (com flyer, estudante, idoso e sócios DC).
Local: Teatro da Ubro – Escadaria da Rua Pedro Soares – Centro.
Horário: 21h

Trailer do espetáculo:

Informações: 48 3224 4379 / 48 8841 4688 (Renato) / 48 9138 2322 (Milena)

mmunequita@gmail.com

http://www.mmunequita.blogspot.com/


Sinopse:

Mi Muñequita é a história de La Nena, uma menina que para crescer precisa se libertar da violência de sua família desajustada: La Madre, El Padre e El Tío. Para tanto ela conta com a ajuda de La Huerfanita, sua boneca preferida. El Presentador é o mestre de cerimônias que nos conduz através desse show de variedades perverso, engraçado e surpreendente. A família de Mi Muñequita está no palco para nos divertir com seu drama.

Ficha Técnica:

Mi Muñequita

De Gabriel Calderón – Tradução Esteban Campanela

Direção Renato Turnes

Direção de Produção Renato Cristofoletti

Produção Milena Moraes

Realização Ponte Cultural

Elenco

Alvaro Guarnieri (El Padre)

Malcon Bauer (El Tío)

Milena Moraes (La Madre)

Monica Siedler (La Nena)

Paulo Vasilescu (El Presentador)

Sabrina Gizela (La Muñequita)

Direção de Arte e Figurinos: Loli Menezes

Cenografia: Marcelo Nuernberg Schroeder

Confecção de Figurinos: Ligia Baleeiro

Hair Designer e Make-up: Robson Vieira

Assistente: Hildo Santos

Designer Gráfico: Felipe Gheno

Iluminação: Daniel Olivetto e Renato Turnes

Trilha Sonora: Renato Turnes

Criação de Trilha Original, Arranjos e Preparação Vocal: Javier Venegas

Técnico de Som e Luz: Marco Aurélio Ribeiro da Silva

Operador de Luz: Gilbas Piva

spot_img
spot_img