13.6 C
fpolis
quinta-feira, agosto 11, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Mostra de Dança Infantil inicia nesta quinta-feira em Florianópolis

spot_imgspot_img

Mostra de Dança Infantil inicia nesta quinta-feira em Florianópolis

spot_imgspot_img

A NOI TE É UM A CRI ANÇA – 9ª M OSTRA DE DANÇA I NFANTI L

Mais de 2,3 mil bailarinos apresentarão 229 coreografias em quatro dias.

O evento A Noite é uma Criança – Mostra de Dança Infantil chegaà sua nona edição, quebrando recordes de quantidade de bailarinose coreografias. De 21 a 24 de outubro, subirão no palco do TeatroGovernador Pedro Ivo, anexo ao Centro Administrativo do Governo doEstado de Santa Catarina, em Florianópolis, 2.335 dançarinos de quatro a14 anos, que apresentarão 227 trabalhos criados por 87 coreógrafos.Neste ano, inscreveram-se 103 academias, companhias, escolas e gruposde 18 municípios catarinenses: Águas Mornas (1), Balneário Camboriú(3), Blumenau (1), Criciúma (2), Florianópolis (48), Guaramirim (1),Itapema (2), Jaraguá do Sul (6), Joinville (1), Navegantes (1), Orleans (1),Palhoça (6), Santo Amaro da Imperatriz (1), São José (18), São Ludgero(1), Tijucas (2), Tubarão (7) e Urussanga (1). Além deles, o público teráa oportunidade de assistir ao trabalho do Projeto Social Alvinho’ s Dance,atração convidada do Rio de Janeiro.Crianças e adolescentes interpretarão as mais novas coreografiaspensadas para estes pequenos artistas, em oito modalidades diferentes dedança: balé (84), dança contemporânea (3), dança de rua (17), dança desalão (11), dança folclórica (6), dança moderna (5), estilo livre (44) e jazz(59).

Durante quatro dias, a mostra oficial terá seis sessões: dias 21 e 22,às 20h00; 23 e 24, às 16h30 e 20h00. Estima-se a presença de mais dequatro mil espectadores, que acompanharão cerca de 14 horas de dança.Uma média de duas horas e 20 minutos de apresentação em cada uma dassessões, que contarão com 68 coreografias na categoria Baby (quatro aseis anos), 103 na Infantil (sete a 11 anos) e 58 na Infanto-Juvenil (12 a 14anos). Mais informações, no site www.mostradedanca.com.br.

MADRI NHA

Ana Botafogo, primeira bailarina do Theatro Municipal do Rio deJaneiro, receberá homenagem como madrinha do evento, dia 21, antesda sessão de abertura, às 20h00, no palco do Teatro Governador PedroIvo. O convite a personalidades de reconhecimento nacional e tambéminternacional para apadrinhar a mostra já é uma tradição. Em anosanteriores, foram laureados o dançarino carioca Carlinhos de Jesus, quetambém é pedagogo de formação, e Wellington Nogueira, fundador doDoutores da Alegria, organização não governamental sediada em SãoPaulo.

Nascida no Rio de Janeiro, onde começou seus estudos de balé aindapequena, Ana Botafogo complementou sua formação na Europa. Foi alunada Academia Goubé na Sala Pleyel, em Paris, da Academia Internacionalde Dança Rosella Hightower, em Cannes, e do Dance Center-CoventGarden, em Londres.Iniciou carreira profissional na França, integrando o Ballet de Marseille,de Roland Petit. Participou de festivais em Lausanne (Suíça), Veneza(Itália), Havana (Cuba) e na Gala Iberoamericana de La Danza, em Madri(Espanha), representando o Brasil nas comemorações dos 500 Anos doDescobrimento das Américas.

Optando por continuar sua carreira no Brasil, na década de 1970,retornou ao País ainda jovem. Foi bailarina principal do Teatro Guaíra, emCuritiba, da Associação de Ballet do Rio de Janeiro e, em 1981, ingressouno Theatro Municipal do Rio de Janeiro como primeira bailarina, posiçãoque ainda ocupa.Como artista convidada, dançou em importantes companhias, entre elaso Saddler’ s Wells Royal Ballet (Londres), Ballet Nacional de Cuba e Balletda Ópera de Roma. Já se apresentou praticamente em todos os estadosdo Brasil com o Balé do Theatro Municipal do Rio de Janeiro ou juntode companhias e academias dos diferentes estados. Subiu em palcos dediversos países das Américas, Europa e no Japão.

CONVI DADO

Um grupo de 37 alunos do Projeto Social Alvinho’ s Dance, do Rio deJaneiro, é a atração convidada deste ano. Eles apresentarão uma coreografiade dança de rua (hip hop) e 10 de dança de salão (um bolero, um forró, umasalsa, quatro sambas, um swing e dois tangos).Com quatro anos que acabam de se completar – o projeto foi criadoem 1996, com o nome Pés do Brasil, mas adotou nova roupagem em19 de outubro de 2006 – o Alvinho’ s Dance é um trabalho coordenadopelos coreógrafos Rachel Mesquita e Álvaro Reis. Desenvolvido porcinco monitores, atende crianças socioeconomicamente desfavorecidasde diversos bairros cariocas. Atualmente, são 40 crianças e adolescentesque têm aulas de dança de salão às sextas-feiras, durante três horas. Osencontros semanais ocorrem na academia de Álvaro (o campeão da Dançados Famosos 2008, do “ Domingão do Faustão” , com a atriz ChristianeTorloni), em Copacabana.

Seus alunos já se apresentam em shows pelo Brasil e em programasnacionais de televisão, como o extinto “ Gente Inocente” , da RedeGlobo, “ Raul Gil” e no quadro “ Dança das Crianças” , no “ Domingão doFaustão” , sendo algumas vencedoras da disputa. Uma delas estará no palcodo Teatro Governador Pedro Ivo: Thaian Marques, 11 anos, que venceuo “ Dança dos Famosinhos” do Faustão ano passado com a atriz-mirimNahuana Costa, a pequena Malika da novela “ Caminho das Índias” .

I NGRESSOS

Os ingressos custam R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (estudantes, idosos
acima de 60 anos e antecipado com um litro de leite ou um quilo de
alimento não-perecível, exceto sal). O mantimento deverá ser entregue à
equipe organizadora no hall do teatro e a arrecadação será distribuída a
entidades filantrópicas da região da Grande Florianópolis. As 706 poltronas
não são numeradas e as seis sessões da mostra oficial ocorrerão dias 21 e
22, às 20h00; 23 e 24, às 16h30 e 20h00. Postos de venda:

* Lua de Papel: das 9h00 às 20h00. Avenida Madre Benvenuta, nº 809,
Santa Mônica. Contatos: (48) 3028-6897 e www.luadepapel.com.br.

* Todoesporte: das 9h00 às 18h30. Rua Felipe Schmidt, n° 249 – loja 201
– Centro Comercial Aderbal Ramos da Silva (ARS). Contatos: (48) 3324-
1250 e www.todoesporte.com.br.

* Centro Integrado de Cultura (CIC): das 13h00 às 19h00, até o dia 20;
das 13h00 às 18h00, dias 21 e 22. Avenida Irineu Bornhausen, nº 5.600,
Agronômica. Contatos: (48) 3953-2300 e www.fcc.sc.gov.br.

* Teatro Álvaro de Carvalho (TAC): das 13h00 às 19h00, até o dia 20; das
13h00 às 17h00, dias 21 e 22. Rua Marechal Guilherme, nº 26, centro,
Florianópolis. Contatos: (48) 3028-8071 e www.tac.sc.gov.br.

* Teatro Governador Pedro Ivo: das 14h00 às 20h00, até do dia 24. Anexo
ao Centro Administrativo do Governo do Estado de Santa Catarina,
Rodovia SC-401, km 5 – Saco Grande. Contatos: (48) 3233-7229 e
www.teatropedroivo.sc.gov.br

M OSTRA PARALELA

Pela terceira vez, foi realizada uma mostra paralela do evento, na tarde
do dia 14, no auditório do Centro de Estudos Miguel Salles Cavalcanti, no
Hospital Infantil Joana de Gusmão. A iniciativa integrou a programação do
Mês da Criança da instituição e foi dirigida a pacientes internados de zero
a 15 anos de diversas especialidades médicas, que não podem ir ao teatro
assistir às apresentações da mostra oficial, bem como acompanhantes,
familiares, voluntários e funcionários.
Cerca de 80 pessoas de diversas cidades do Estado aplaudiram seis

coreografias de balé, dança de rua e estilo livre apresentadas por 23
bailarinas entre nove e 13 anos do Primeiros Passos Grupo de Dança, do
Colégio Criativo. Os trabalhos foram assinados pela professora Fernanda
Marafioti. Intercalando os números, o mágico Sandro Spigolon animou
a plateia com seus truques, que também divertiram os pacientes que não
puderam sair de seus quartos.

Segundo Cláudia Barros de Mattos Silva, chefe do setor de pedagogia
e coordenadora do programa de recreação, uma programação de
entretenimento como esta, além de minimizar o sofrimento, possibilita às
crianças levarem do hospital lembranças de coisas bonitas também.

VALORI ZAÇÃO PROFI SSI ONAL

Implantada em 2008 para valorizar o trabalho do profissional de dança,
a ajuda de custo foi ampliada em 2009 e, novamente, em 2010 – passando
de cinco para seis patamares. Os coreógrafos que inscreveram 10 bailarinos
ou mais receberão o auxílio, variando entre R$ 100 e R$ 500. Este ano, será
repassado um total de R$ 28 mil.

OBJETI VO

Organizada por Lenise Pavan Gonzaga de Andrade, diretora geral, e
Carlos Eduardo Lourenço de Andrade, coordenador geral, o evento não
tem caráter competitivo e o objetivo é mostrar aos pais, familiares e a
toda comunidade da dança, o trabalho desenvolvido durante o ano letivo,
além de promover a troca de experiências entre estudantes e estimular o
desenvolvimento cultural. Todos os participantes ganham certificado, além
dos troféus ofertados aos coreógrafos e medalhas aos bailarinos.
Desde 2002, quando a mostra começou com apenas 100 pequenos
dançarinos no auditório de um colégio, já se apresentaram milhares de
crianças e adolescentes. Muitos deles, hoje, já são adultos, adquiriram o
gosto pela arte e continuam a praticar, quando não tomaram para si como
profissão. A Noite é uma Criança já recebeu bailarinos da Bahia, Paraná,
Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

PATROCÍ NI OS & APOI OS

A edição deste ano tem patrocínio da Prefeitura Municipal de
Florianópolis, por meio da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin
Cascaes e Lei Municipal de Incentivo à Cultura, e apoio do site Guia
Floripa.

spot_img

Leia mais