29.6 C
fpolis
terça-feira, janeiro 25, 2022
cinesytem

Mutirão de cadastramento na tarifa social do transporte público visita bairros do Norte e Sul da Ilha neste sábado

Mutirão de cadastramento na tarifa social do transporte público visita bairros do Norte e Sul da Ilha neste sábado

spot_img

Neste sábado, 2, o mutirão de cadastramento na tarifa social do transporte público de Florianópolis será realizado no Norte e Sul da Ilha. A ação tem o objetivo de ir ao encontro da população nos bairros para facilitar o cadastro das famílias tanto na tarifa social e também na tarifa Estudantil Gratuita. As informações são da Secretaria de Comunicação do Executivo Municipal.

Pela manhã, a ação será feita na Armação do Pântano do Sul, das 8 às 12h, na Escola Básica Dillma Lucia dos Santos, na Rod SC 406, nº 6050. As senhas serão emitidas de forma limitada até às 11h.

No período da tarde, das 13 às 17h, o atendimento à população acontece na Vargem do Bom Jesus, no Norte da Ilha, no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Vila União, localizado na Rua Anarolina Silveira dos Santos, s/n.

Como fazer o cadastro da Tarifa Social

A Tarifa Social é um benefício socioassistencial exclusivo para as famílias com renda de até três salários mínimos ou renda individual de até meio salário mínimo. Para os beneficiários, o valor da passagem de ônibus será R$ 1,75 e a inscrição é realizada através do Cadastro Único da Secretaria Municipal de Assistência Social.
O cadastro é familiar, ou seja, todos os moradores da residência devem fazer o cadastro, mesmo que não usem a Tarifa Social.

Tarifa Social para estudantes

Os estudantes terão acesso à Tarifa Social zero. Para ter direito ao benefício, os jovens devem ter o perfil salarial de renda familiar de até 3 salários mínimos ou meio salário de forma individual. O trajeto casa-escola-casa será gratuito. O aluno terá uma carteirinha exclusiva e intransferível.

O cadastro deve ser feito por uma pessoa responsável pela família, que more na mesma casa, que tenha 16 anos ou mais e que possa responder às perguntas do cadastro. Mesmo com a presença do adulto, o estudante deve comparecer junto ao local.

Documentos necessários para o cadastramento

Para efetuar o cadastro da Tarifa Social e da Tarifa Estudantil Gratuita é necessário que o responsável pela família compareça aos postos de atendimento com os documentos originais de todos os moradores da residência, mesmo que um deles não necessite do cartão. Abaixo, a relação:
Moradores da mesma casa (acima de 18 anos)
– Certidão de nascimento;
– CPF;
– Carteira de Identidade (RG);
– Contracheque e Carteira de Trabalho (mesmo sem estar assinada);
– Comprovante de residência atualizado e original;
– Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI); (se necessário)
Se for estudante, acima de 18 anos, levar também:
– Atestado de Frequência (atualizado 30 dias)
Moradores da mesma casa (0 a 17 anos)
– Certidão de nascimento ou Carteira de Identidade;
– Carteira de Vacinação (0 a 5 anos)

Como fazer o cadastramento

A inscrição dos beneficiários é realizada através do Cadastro Único da Secretaria Municipal de Assistência Social. A população deve ficar atenta aos prazos: a força-tarefa para a inscrição do CadÚnico também continua à disposição na Passarela Nego Quirido até o dia 29 de agosto, no prédio Nega Tide, de segunda a sexta, das 8 às 12 e das 13 às 17h.

Quem perder esse prazo terá de procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência para agendar o cadastro. O registro é familiar, ou seja, todos os moradores da residência devem fazer o cadastro, mesmo que não usem a Tarifa Social.
 

spot_img
spot_img