14.6 C
fpolis
sábado, setembro 18, 2021
cinesytem

Nokia traz o Festival do Minuto para Florianópolis

spot_img

Nokia traz o Festival do Minuto para Florianópolis

Diretor estará na cidade nesta quinta

A companhia de celulares Nokia está levando o Festival do Minuto para 30 cidades das cinco regiões brasileiras. Até julho, curadores juniores de cada um dos municípios participantes vão selecionar e avaliar vídeos-minuto que serão enviados para o site do Festival (www.festivaldominuto.com.br), onde são exibidos. Haverá uma premiação mensal no valor de R$ 500 para o melhor vídeo das 30 cidades.

Além disso, a marca patrocinará um tema exclusivo do Festival a cada dois meses, aberto para vídeos de todo o país. O melhor vídeo do tema receberá um celular da marca. Em agosto, haverá uma cerimônia de premiação para o melhor vídeo do concurso (R$ 3 mil mais celular) e para o melhor Minuto de cada uma das 30 cidades (R$ 500 cada) e será produzido um dvd dos melhores vídeos de todas as cidades.

Palestras

Quinze das cidades participantes receberão palestras que apresentam o formato do minuto a partir de exemplos concretos de filmes premiados no passado. “Desvendamos o processo de construção de idéias e de realização dos filmes, desmistificando para o público o que é fazer um bom Minuto”, comenta Gustavo Steinberg, diretor e produtor executivo do Festival, que ministra as palestras, junto com o curador Marcelo Masagão.

“Vídeos do Minuto não são necessariamente realizados por profissionais. Pelo contrário, a maior parte das contribuições é feita por amadores. Assim, não importa se o vídeo é bem feito ou mal feito tecnicamente, mas sim se ele tem uma boa idéia e se a explora de maneira inteligente e de forma sintética. O poder de síntese é o ponto central do Festival”, completa Steinberg.

Em Florianópolis, o diretor do Festival, Gustavo Steinberg, fala dia 14 de maio, às 13h, no Auditório Henrique Fontes da UFSC.

Sobre o Festival do Minuto

O Festival do Minuto foi criado no Brasil, em 1991. É, hoje, o maior festival de vídeo da América Latina, tendo inspirado festivais semelhantes em mais de 40 países. Na Holanda, existe desde 1993, vinculado ao Sandberg Institute, importante escola de arte localizada em Amsterdam. Estes países inspiraram a criação de Festivais do Minuto em mais de 40 nações, cada um com dinâmica e formato próprios. A partir do final de 2007, o Festival do Minuto brasileiro tornou-se permanente e online: passou a receber e exibir vídeos diretamente pela internet. Mensalmente, novos temas são lançados e os melhores vídeos recebem prêmios em dinheiro.

O Festival do Minuto é uma das marcas culturais mais conhecidas do país e um grande revelador de talentos do audiovisual brasileiro. Temos um grande acervo de Minutos, incluindo vídeos de inúmeros cineastas hoje conhecidos. Diretores como Fernando Meirelles (Cidade de Deus, O Jardineiro Fiel), Beto Brant (O Invasor) e Tata Amaral (Um Céu de Estrelas, Antônia) foram alguns dos cineastas que já enviaram seus vídeos.

Quem faz o Festival do Minuto

Marcelo Masagão: Criador e curador, é cineasta, tendo realizado, entre outros, os filmes Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos (1999), 1,99 – Um Supermercado que Vende Palavras (2004) e Otávio e as Letras (2007).

Gustavo Steinberg: Diretor e produtor executivo. Mestre em Ciências Políticas (PUC-SP) e em Comunicação (London School of Economics), é autor de dois livros e produziu cinco filmes longa-metragem. Sua estréia na direção de longas aconteceu em 2008, com Fim da Linha.

spot_img
spot_img

Leia mais