18 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 8, 2021
cinesytem

OSX pode estar desistindo de estaleiro em Biguaçu

spot_imgspot_img

OSX pode estar desistindo de estaleiro em Biguaçu

spot_img

Blog da Estela Benetti – www.ClicRBS.com.br

O grupo EBX, do bilionário Eike Batista, pode estar desistindo de construir o estaleiro naval em Santa Catarina em função da negativa do ICMBio para conceder a licença ambiental. A LLX Logística, empresa do grupo, informou hoje em comunicado ao mercado que está mantendo tratativas com a OSX, outra empresa de Batista, para a construção de estaleiro no Superporto do Açu.

Leia a íntegra do comunicado, abaixo:

A LLX LOGISTICA S.A. (”Companhia” ou ”LLX”); (Bovespa: LLXL3), empresa privada
brasileira que esta construindo dois complexos portuarios na regiao Sudeste,
sendo um deles o ”Superporto do Acu”, o maior investimento em infraestrutura
portuaria na America Latina, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral
que:

A LLX Acu Operacoes Portuarias Ltda (”LLX Acu”), subsidiaria da Companhia, vem
mantendo tratativas com a OSX Brasil S.A (” OSX”), empresa do Grupo EBX do setor
de equipamentos e servicos para a industria offshore de petroleo e gas, visando
a instalacao de um estaleiro no Complexo Industrial do Superporto do Acu
(”Estaleiro do Acu”).

O Estaleiro do Acu sera dedicado a construcao de equipamentos navais, abrangendo
uma area total de aproximadamente 320 hectares no Complexo Industrial do
Superporto do Acu, com uma capacidade de producao anual inicial de
aproximadamente 180.000 toneladas/ano de chapas de aco e de 220.000
toneladas/ano de montagem. O cais projetado para o Estaleiro do Acu, com mais de
3.500 metros de extensao, sera acessado por um canal interno de navegacao, que
permitira tambem a movimentacao eficiente de cargas para empresas de apoio
offshore e de produtos siderurgicos.

Os estudos de pre-viabilidade para a implantacao do Estaleiro do Acu foram
desenvolvidos em conjunto pela LLX e OSX e o seu layout conceitual ja foi
aprovado pela socia e parceira tecnologica da OSX, Hyundai Heavy Industries Co.,
Ltd. (”Hyundai”), lider mundial em construcao naval.

A OSX iniciou o processo de licenciamento ambiental para a implantacao do
Estaleiro do Acu perante o orgao licenciador ambiental competente no Estado do
Rio de Janeiro.

O Complexo Industrial do Superporto do Acu oferecera ao estaleiro da OSX uma
plataforma de desenvolvimento integrada as empresas da sua cadeia de suprimentos
como siderurgicas, polo metal-mecanico e outros fornecedores e prestadores de
servico da industria naval que serao atraidos para o Complexo.

Esta nova iniciativa demonstra mais uma vez a capacidade das empresas do Grupo
EBX de potencializar as oportunidades e sinergias existentes no Complexo
Industrial do Superporto do Acu, que esta em fase adiantada de construcao e
devera movimentar as suas cargas iniciais no primeiro semestre de 2012.

SOBRE A LLX

A LLX esta implementando dois portos no estado do Rio de Janeiro, regiao Sudeste
do Brasil, que contarao com infraestrutura eficiente e profundidade necessaria
para receber os mais modernos navios de grande capacidade, como graneleiros do
tipo capesize , resultando em menores custos operacionais. O Superporto do Acu,
localizado no norte do estado do Rio de Janeiro e ja em construcao, tera
profundidade de 21 metros, ate dez bercos para atracacao de navios e ira
movimentar produtos como de minerio de ferro, petroleo, produtos siderurgicos,
carvao e graneis solidos. O Superporto do Acu tem 90 km2 de retroarea e abrigara
um complexo industrial de grande porte, que incluira terminal para minerio de
ferro, plantas de pelotizacao, usina termoeletrica, siderurgicas, cimenteiras e
polo metal-mecanico. O Porto Sudeste, localizado no sul do estado do Rio de
Janeiro, tera profundidade de 21 metros e 2 bercos para atracacao de navios, com
capacidade inicial para movimentar 50 milhoes de toneladas de minerio de ferro
por ano. Para mais informacoes visite o site: www.llx.com.br/ri .

spot_img
spot_img