Florianópolis, 18 de julho de 2024

Presidente da OAB/SC é empossada no Instituto dos Advogados Brasileiros, instituição histórica no País

spot_img

Senna, minissérie produzida pela Gullane, estreia na Netflix em 29 de novembro

Protagonizada por Gabriel Leone, superprodução sobre a vida e...

Crédito rural e a sustentabilidade no agronegócio brasileiro

Manter o fluxo de crédito é essencial para modernizar...

Pesquisa e especialização de profissionais são essenciais para avanço da Saúde  

Cursos de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação...

CredCrea celebra 20 anos com retomada do tradicional Costelão CredCrea

Cooperativa de crédito de Florianópolis fundada por engenheiros e...

Compartilhe

A presidente da OAB/SC, Cláudia Prudêncio, tomou posse como membro efetiva do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A cerimônia aconteceu no estande da entidade durante a 24ª Conferência Nacional da Advocacia Brasileira, que está sendo realizada em Belo Horizonte (MG). A instituição é histórica no País e representante máxima do conhecimento jurídico, e da qual se originou a Ordem. Atual conselheira federal suplente da OAB por Santa Catarina, a advogada Gisele Lemos Kravchychyn também foi empossada na entidade, além de outros sete advogados de outros estados.

“Estou muito feliz em fazer parte do Instituto dos Advogados Brasileiros. Entrar para esse seleto grupo de profissionais, e tomar posse juntamente com outros profissionais, é de grande valor. Sou apaixonada pela minha profissão e sempre estarei trabalhando para o melhor da advocacia catarinense e do Brasil. Agradeço ao presidente Sydney Limeira Sanches pela oportunidade”, agradeceu Cláudia. A posse foi acompanhada pela presidente do TED da OAB/SC, Luciane Mortari e pela vice-diretora da ESA/SC, Vanessa Barcellos.

O Instituto dos Advogados Brasileiros foi criado poucos anos após a Independência do Brasil (em 1843), num momento em que o País precisava ser organizado como um Estado soberano e afirmar valores de nacionalidade. Além disso, era necessário organizar aqueles que iriam dirigir o futuro do novo País, em especial, os advogados. Os advogados de então atuavam tanto nas questões ainda hoje imprescindíveis, quanto na política e, ainda, na difícil tarefa de redação de todas as leis que substituiriam gradativamente a legislação portuguesa, que na época ainda estava em vigor. Os primeiros cursos de Direito foram criados em 1827 e, desde o final de 1831, já existiam advogados formados em território nacional.

………………………………………..
Crédito fotos: Vanessa da Silva
Legenda foto: Vanessa Barcellos, Gisele Kravchychyn, Cláudia Prudêncio e Luciane Mortari na posse