19.9 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 9, 2021
cinesytem

Procura-se lixo eletrônico em Florianópolis

spot_imgspot_img

Procura-se lixo eletrônico em Florianópolis

spot_img

Campanha de arrecadação de lixo eletrônico faz parte do processo de montagem da dança-instalação Territórios Imaginários, projeto da Siedler Cia de Dança em colaboração com Monica Siedler, Roberto Freitas e Carolina Brum. A estreia da peça será nos dias 24, 25 e 26 de junho.

Celulares que não funcionam mais, baterias sem uso acompanhadas de carregador, drives de cd, dvd, disquetes, teclado, mouse, placa mãe e até impressoras. Todo e qualquer lixo eletrônico poderá ter um fim cultural interessante. A engenheira eletricista Carolina Brum, atualmente envolvida com a obra Territórios Imaginários da Siedler Cia de Dança, lança a campanha de arrecadação destes materiais. A causa é mais do que digna. Ela está empenhada no desenvolvimento da parte tecnológica da obra. Já o artista visual Roberto Freitas é o responsável pela concepção artística da instalação. Seu trabalho é provocar sensações sutis nos corpos em cena, propondo uma nova poética ao espaço.

“Territórios Imaginários”é dirigido pela dançarina e coreógrafa Elke Siedler que no ano passado conquistou o prêmio Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura. A proposta traz o processo de criação colaborativa e co-autoral dos dançarinos e profissionais envolvidos no projeto. A concentração de perfomances, artes visuais, engenharia e música na mesma metragem propõe reflexão sobre a subjetividade contemporânea a partir de experiências geradas in loco. Reciclando funções e sensações para novos usos, a Siedler Cia de Dança prepara estreia nos dias 24, 25 e 26 de junho, em dois horários, às 18h e 20h, no Célula, em Florianópolis. E ainda sugere uma experiência compartilhada entre elenco corporal e plateia. Por isso, o número de pessoas é reduzido, ao todo são 16 pessoas por apresentação. Neste sábado (30/05), os dançarinos da Cia irão apresentar ensaio livre na programação do MultiplaDança, às 16 horas. Mas a obra completa somente poderá ser sentida, presente e compartilhada na estreia oficial. Para os interessados em doador os eletrônicos, entrar em contato com Carolina Brum.

Doações eletrônicas Caroline Brum – 99534847


Ficha técnica:

Tempo de duração: aproximadamente 40 minutos

Compositores: Siedler Cia de Dança (Alexei Leão, Elke Siedler e Thiago Schmitz), Arco Projetos de Arte (Monica Siedler e Roberto Freitas) e Carolina Brum

Dançarinos: Elke Siedler, Monica Siedler e Thiago Schmitz

Ambientação sonora: Alexei Leão

Artista visual: Roberto Freitas

Engenheira: Carolina Brum

Figurino: Elke Siedler, Monica Siedler e Thiago Schmitz

Textos: Christiano Scheiner

Fotos: Carolina Brum e Cristiano Prim

Arte Gráfica: Roberto Freitas

Local de ensaio: Escola de Dança Athenè Tamisier, em Florianópolis e espaços vazios ocupados momentaneamente em Salvador.

Realização: Prêmio Edital Elisabete Anderle

Site: www.siedler.com.br

Contato: elke@siedler.com.br; (71) 7812 3371

spot_img
spot_img