19.6 C
fpolis
sábado, novembro 27, 2021
cinesytem

Produção dos dois Hortos municipais atendem escolas

spot_img

Produção dos dois Hortos municipais atendem escolas

spot_img

Força de trabalho da Floram nos dois Hortos serve também para atender pedidos da classe acadêmica, direção de escolas e creches.

Gerson Basso diz que visita de estudantes aos Hortos municipais são primordiais para o desenvolvimento de uma sociedade mais preocupada com o que ecológicamente correto.

O município de Florianópolis conta com dois Hortos florestais. O primeiro é o Horto do Ribeirão da Ilha e o segundo localizado dentro do Parque Ecológico do Córrego Grande.

O Hortos vem recebendo atenção especial do diretor superintendente Gerson Basso, que neste período de 13 meses a frente da Fundação Municipal de Meio Meio Ambiente, vêm implantado parcerias com as escolas, creches, ONGs, fazendo doações para plantio.

A Unidade de Produção do Horto do Ribeirão da Ilha conta com a força de trabalho de um biólogo e seis funcionários que fazem frente à maior demanda municipal. Por lá são produzidos anualmente cerca de 40 mil mudas. No Parque Ecológico do Córrego Grande três profissionais sob o comando de um biólogo trabalham dia-dia, incansavelmente para bater 20 mil mudas a cada ano.

De acordo com a proposta do diretor superintendente Gerson Basso, quase metade da produção destina-se à doação. “Toda a produção é baseada em conceitos agroecológicos e orgânicos, não sendo utilizados adubos ou defensivos químicos”, informa.

Basso lembra que semanalmente alunos das escolas públicas e particulares, acadêmicos de faculdade passam pelo local para aprender as técnicas implantadas pela Floram. “Muitas vezes os dois hortos do município têm funcionado como salas de aula ao ar livre”, conclui.

(PMF, 15/06/2010)

spot_img
spot_img