22.6 C
fpolis
domingo, setembro 19, 2021
cinesytem

Produtores de berbigão devem receber R$ 270 mil em indenizações por vazamento de óleo

spot_img

Produtores de berbigão devem receber R$ 270 mil em indenizações por vazamento de óleo

Os produtores de berbigão afetados pelo vazamento de óleo ocorrido na Baía Sul de Florianópolis, em novembro de 2012, estiveram reunidos na Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca nesta quinta-feira, 14, para aprovação da metodologia técnica e dos valores referentes aos prejuízos levantados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagi).

De acordo com o estudo, os 60 produtores deverão receber uma indenização total de R$ 270 mil, sendo que o valor devido a cada um foi calculado individualmente. As informações serão repassadas a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), que deverá pagar as indenizações na próxima terça-feira, 19, às 10h, no auditório da Epagri.

O secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, reuniu os produtores de berbigão e detalhou a metodologia aplicada, ressaltando que o valor foi calculado com base nos preços agrícolas fornecidos pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Cepa) e levando em conta metade da safra anual.

Na quarta-feira, 13, a mesma reunião foi realizada com os maricultores que deverão ser indenizados em mais de R$ 1,2 milhão.

A metodologia

O levantamento dos prejuízos foi realizado a partir de declarações dos maricultores e produtores de berbigão avaliando os danos na produção e comercialização de ostra e berbigão.

Para analisar a viabilidade técnica do que foi declarado, a Epagri realizou visitas para identificar os produtores e estimar a produção de moluscos retida na água da área embargada pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), localizada entre a Tapera e o Ribeirão da Ilha.

Os técnicos da Epagri afirmaram que as informações dadas pelos maricultores estão totalmente de acordo com que foi verificado durante as visitas técnicas.

spot_img
spot_img

Leia mais