16.2 C
fpolis
sábado, julho 2, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Prorrogada a exposição de " De Saint-Exupéry a Zeperri"

Prorrogada a exposição de " De Saint-Exupéry a Zeperri"

spot_imgspot_img

O período de visitação da exposição “De Saint-Exupéry a Zeperri”, que está aberta no Centro Cultural Bento Silvério (Casarão da Lagoa), na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, foi prorrogado até o dia 30 de abril, podendo ser conferida das 14h00 às 18h00 aos domingos, e das 13h00 às 19h00 de segunda a sexta-feira.

Apresentada durante a X Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana (Fenaostra), no Centro de Convenções de Florianópolis (CentroSul); no Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa; e no Espaço Cultural Rita Maria, no Terminal Rodoviário Rita Maria; em 2008, reúne vinte banners com fotos de Victor Carlson, que contam a trajetória do piloto francês Antoine de Saint-Exupéry, sua passagem pela Ilha de Santa Catarina e a amizade com o pescador Manoel Rafael Inácio, o “seu” Deca, no início do século passado.

Em Florianópolis, onde o famoso autor de “O Pequeno Príncipe” tornou-se “Zeperri”, conserva-se o maior patrimônio histórico relativo à companhia de correio aéreo francesa, a antiga Aéropostale que, mais tarde, junto a outras, viria a ser a Air France. Também se pode ver a maquete de um avião Bréguet XIV, feita pelo engenheiro ilhéu Carlos Eduardo Porto e obras artísticas de Fábio Marcelo, do Pântano do Sul, sobre os temas do Pequeno Príncipe.

A mostra, faz parte do projeto homônimo coordenado por Mônica Cristina Corrêa, doutora em língua e literatura francesa pela Universidade de São Paulo (USP). Chancelado pelo comissariado do Ano da França no Brasil (2009), “De Saint-Exupéry a Zeperri” consiste no restauro do casarão dos pilotos franceses da Aéropostale, situado na Avenida Pequeno Príncipe, na praia do Campeche. O prédio, conhecido por “popote” entre os pescadores, deve se tornar um memorial deles e dos pilotos, recebendo, inclusive, exposições doadas pela França, com o patrocínio da Tractebel Energia, em parceria com a Prefeitura de Florianópolis.

Ainda integra o projeto a elaboração de um filme-documentário com o mesmo título, cuja primeira parte realizou-se em novembro de 2008, na França. Ambos são viabilizados pela Lei Rouanet e contam com o apoio da Air France. Mais informações, com Mônica Cristina Corrêa, pelo telefone (48) 9629-5606 ou pelo e-mail monicris@uol.com.br.

spot_img