21.4 C
fpolis
sexta-feira, outubro 22, 2021
cinesytem

Reivindicação salarial paralisa o atendimento na Celesc nesta terça-feira

spot_img

Reivindicação salarial paralisa o atendimento na Celesc nesta terça-feira

spot_img

Funcionários das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) paralisaram as atividades nesta terça-feira, 23. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia de Florianópolis e Região, a categoria exige um aumento real de salário referente aos últimos 12 anos em que os reajustes não acompanharam a inflação. O trabalho seré retomado às 17h.

Uma reunião entre a diretoria da Celesc e o sindicato está marcada para o começo da tarde de hoje. Uma proposta será apresentada aos trabalhadores, que se reúnem no dia 25 para votar se aceitam os valores apresentados. Caso não ocorra o acordo, os funcionários devem parar por tempo indeterminado no dia 30 de setembro.

Procurado pela reportagem do DeOlhoNaIlha, um dos coordenadores do sindicato, Jerry Conceição, afirmou que a empresa oferece 6,75% de dissídio, mas os trabalhadores entendem que esta proposta pode ser melhorada.

Em entrevista para o DeOlhoNaIlha, o diretor de Gestão Corporativa da Celesc, André Bazzo, confirmou que a empresa vai fazer o possível para que as reivindicações dos trabalhadores sejam atendidas, mas espera também a compreensão por parte do sindicato para alcançar um acordo. Bazzo afirmou que considera legítima a ação dos trabalhadores e espera chegar a um acordo para evitar o movimento de greve.

Os serviços de emergência foram mantidos e consumidores que tiverem algum problema de energia elétrica podem ligar para os números 0800 480 120 ou 0800480196. O contato também pode ser feito por mensagem de celular (sms) em caso de falta de luz. Basta mandar a mensagem “sem luz” para o número (48) 196.

spot_img
spot_img