22.6 C
fpolis
quinta-feira, maio 26, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Réveillon de Florianópolis é destaque nacional

spot_img

Réveillon de Florianópolis é destaque nacional

spot_imgspot_img

Queima de fogos na Capital Catarinense teve uma cobertura maior, nas redes de televisão, do que a tradicional festa de Copacabana.

O Réveillon Encantado de Florianópolis foi um sucesso em rede nacional. A queima de fogos durante a virada de 2011 para 2012 recebeu uma cobertura maior das redes de televisão do que a tradicional festa de Copacabana, no Rio de Janeiro. Os dados foram divulgados pelo secretário de Turismo da Capital, Vinicius Lummertz, durante coletiva na manhã de hoje. “Fomos destaque no Brasil e no mundo” disse.

Mais de 300 mil pessoas passaram o réveillon na Beira-Mar Norte e cerca de 80 mil na Beira-Mar Continental, segundo a Polícia Militar. De acordo com o prefeito Dário Berger, a chuva durante a festa não tirou o brilho do evento: “O mau tempo serviu para provar a forte estrutura que montamos para a festa. Os shows e a queima de fogos ocorreram conforme previsto, sem atrasos ou falhas”.

Se por um lado havia muitas famílias festejando, por outro um grande contingente de trabalhadores garantiu a limpeza das ruas, além de saúde e segurança das pessoas. Foram 300 policias militares, 80 guardas municipais e 40 seguranças privados na Beira-Mar Norte. De acordo com a Polícia Militar, na Beira-Mar, somente uma ocorrência foi registrada na noite da virada. “Houve uma redução de 39% nas ocorrências policiais durante a virada” disse o coronel João Henrique da Polícia Militar.

Na área da saúde, de acordo com o secretário João Cândido, em comparação ao ano passado, houve uma redução de 19% nos atendimentos das UPA’s 24h. Segundo Cândido, as Unidades de Pronto Atendimento foram as únicas emergências a funcionarem na madrugada do dia 31 para o dia 1º de portas abertas, ou seja, para qualquer tipo de atendimento.

Já a limpeza das ruas e balneários ficou por conta da Comcap, que deu um show a parte. A rápida limpeza nos locais onde ocorreram as festas foi destaque na mídia estadual. Antes mesmo do encerramento dos shows na Beira-Mar Norte, já havia trabalhadores limpando a avenida. No bairro de Jurerê, que recebeu cerca de 70 mil pessoas para a festa da virada, a praia já estava limpa às 11h do dia seguinte.

A volta para a casa também foi tranqüila. A Secretaria de Transportes de Florianópolis disponibilizou mais linhas de ônibus para a madrugada. “Nos preparamos para uma demanda maior de passageiros, para que tudo ocorresse sem maiores problemas” disse o secretário João Batista Nunes.

A prefeitura de Florianópolis investiu R$ 1 milhão e 42 mil na festa da Beira-Mar Norte e R$ 541 mil na Beira-Mar Continental. O Governo do Estado entrou com a quantia de R$ 800 mil e, a patrocinadora Nestlé, com R$ 450 mil que foi para o pagamento do cachê da cantora Paula Fernandes.

spot_img