26.8 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Santa Catarina é o primeiro do país em vacinação contra a gripe e crianças de até 3 anos incompletos também serão vacinadas

spot_img

Santa Catarina é o primeiro do país em vacinação contra a gripe e crianças de até 3 anos incompletos também serão vacinadas

spot_img

A assessoria de imprensa do Governo do Estado informou que Santa Catarina atingiu 92,4% de cobertura vacinal contra a gripe. Foi o estado brasileiro com maior percentual de pessoas pertencentes ao grupo-alvo imunizadas. O objetivo da Secretaria de Estado da Saúde é ampliar ainda mais o número de pessoas protegidas contra a Influenza neste inverno. Por isso, o secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, decidiu ampliar o grupo de crianças a serem imunizadas. A partir desta quarta-feira, 15, crianças com até 3 anos incompletos poderão tomar a vacina gratuitamente nos postos de saúde de todo o Estado. A expectativa é que, com a ampliação do grupo prioritário, mais 80 mil pessoas sejam imunizadas.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, 14, o secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, e o diretor de Vigilância Epidemiológica (DIVE), Fábio Gaudenzi, falaram que a campanha de vacinação contra a Influenza terminou dia 10, no entanto, as pessoas pertencentes aos grupos prioritários que não se vacinaram ainda podem fazê-lo.

Os trabalhadores em Saúde e as crianças com idade entre seis meses e dois anos incompletos foram os grupos que atingiram maior percentual de vacinação. Entre os trabalhadores em Saúde, 98% do grupo estimado se vacinaram. E 96% das crianças pertencentes ao grupo-alvo foram imunizadas. O grupo que menos compareceu aos postos de vacinação foi o das gestantes. Entre as grávidas, o percentual de imunização foi de 74,5%. Também estão entre os grupos prioritários as mulheres que tiveram bebês há menos de 45 dias, indígenas, idosos, doentes crônicos e população carcerária.

Estado prepara ações de prevenção
Paralelo à campanha de vacinação, a Secretaria de Estado da Saúde promoveu a capacitação de agentes de saúde do Estado e dos municípios em toda Santa Catarina. O objetivo é identificar e tratar precocemente os casos de gripe, evitando assim internação e óbito.
Santa Catarina também recebeu R$ 5 milhões do Ministério da Saúde, através de portaria publicada nesta segunda-feira, 13, para aquisição de equipamentos para hospitais de todo o Estado que tenham UTI. São respiradores, monitores de UTI e oxímetros (aparelhos que medem a taxa de oxigenação no sangue). A Secretaria de Estado da Saúde já iniciou o processo de compra desses equipamentos.
Estado registrou 23 casos de Influenza
Este ano, em todo o Estado, há registro de 23 casos de síndrome respiratória grave, em 15 cidades, de acordo com dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) – 8 pessoas com Influenza A tipo H1N1, 8 casos de Influenza A H3N2 e 7 pacientes com Influenza B. Em 2013, não houve mortes por Influenza em Santa Catarina.

spot_img
spot_img