21.4 C
fpolis
sábado, outubro 16, 2021
cinesytem

São José começa a campanha de vacinação contra a Hepatite A

spot_img

São José começa a campanha de vacinação contra a Hepatite A

spot_img

A vacina contra a Hepatite A já está disponível nas unidades de saúde de São José. Devem ser imunizadas as crianças com até um ano, 11 meses e 29 dias. Como este é o grupo com maior incidência da doença, é importante que os pais e responsáveis levem as crianças aos postos de saúde para a aplicação da vacina. As informações são da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Florianópolis.

A enfermeira do Grupo de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Simoni Tortelli Nunes, explica que a vacina contra a Hepatite A foi recentemente incluída no calendário nacional de vacinação e deve ser ministrada nas crianças com um ano de idade. “Como estamos iniciando o processo de imunização, nesta primeira fase estamos vacinando as crianças com até um ano, 11 meses e 29 dias”, assinala. Como referência, a Secretaria de Saúde utiliza o índice de nascidos vivos, que no município representa 2.933 crianças.

Nos pequenos, a hepatite A pode não manifestar sintomas. Em uma minoria de casos, há febre, dores musculares, vômito, náuseas, cansaço e mal-estar – sinais semelhantes aos de uma virose. A vacina é segura e praticamente isenta de reações, mas pode provocar vermelhidão e inchaço no local da aplicação.

A Hepatite A é uma doença infecciosa aguda que atinge o fígado, é habitualmente benigna e raramente apresenta uma forma grave (aguda e fulminante), mas pode levar à hospitalização ou morte em 2% a 7% dos casos graves. No vírus A, a transmissão é fecal-oral e ocorre, principalmente, por meio de alimentos e água contaminados.
Apesar de ser o único tipo de hepatite que não se torna crônico, há casos em que o paciente morre por insuficiência hepática. Para evitar a doença, é importante lavar sempre as mãos, inclusive dos bebês, e higienizar os alimentos são outras formas de prevenção.

Casos no Brasil

Desde 2006, a taxa de incidência de hepatite A no Brasil tem apresentado tendência de queda, atingindo 3,2 casos para cada 100 mil habitantes em 2013. De 1999 a 2013, foram registrados 151.436 casos de hepatite A no País. A maioria dos casos se concentra nas regiões Norte e Nordeste, que, juntas, representam 55,8% (84.501) das confirmações neste período. As regiões Sudeste abrangem 16,4% (24.835); Sul 16,3% (24.684); e Centro-Oeste 11,6% (17.566) dos casos.
 

spot_img
spot_img