26.3 C
fpolis
quarta-feira, janeiro 19, 2022
cinesytem

Circuito SCGÁS leva cinema gratuito a 6,4 mil catarinenses

Circuito SCGÁS leva cinema gratuito a 6,4 mil catarinenses

spot_img

Num país onde o preço do ingresso impede muita gente de freqüentar o cinema, iniciativas que aproximem a Sétima Arte da comunidade merecem destaque. Na última sexta-feira (6), após três meses, chegou a fim mais uma edição do Circuito SCGÁS 2011 de Cinema nas Comunidades, que levou a 21 cidades catarinenses filmes brasileiros de qualidade sem cobrar entrada. Foram 247 sessões, totalizando 6.481 espectadores. A grande maioria nunca tinha entrado num cinema.

O sucesso desta edição foi tão grande que o número de sessões foi 31% maior que o previsto inicialmente. A ocupação média das sessões atingiu 87%. O roteiro iniciou em Tijucas e terminou em Tubarão.

A iniciativa busca incentivar o acesso democrático à cultura e ao entretenimento. Este ano, foram exibidos os filmes Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme; Turma da Mônica, uma aventura no tempo; O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes; Chico Xavier; e Quincas Berro D’Água. As sessões ocorrem na Sala Brasil, um caminhão-cinema adaptado, e um simpático lanterninha é o ingrediente nostálgico do ambiente.

Para o presidente da SCGÁS, Altamir Paes, a exibição de filmes gratuitos para pessoas com menor poder aquisitivo tem relevância social. “É o segundo ano que apoiamos o projeto. Acreditamos na idéia, pois levar cultura a quem não tem muito acesso é uma excelente forma de mexer com a auto-estima, bem-estar e cidadania destas pessoas”, comenta.

O Circuito SCGÁS 2011 de Cinema nas Comunidades integra o Projeto Sul Cine, criado em 2009 pela Magma Cultura, de Florianópolis. A iniciativa tem patrocínio da SCGÁS e o apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, além de parcerias locais com as fundações e departamentos culturais das prefeituras.

SCGÁS

Patrocinadora do Circuito desde o ano passado, a empresa SCGÁS foi criada em 1994 para ser a responsável pela distribuição do gás natural canalizado em Santa Catarina. Desde 2000, vem expandindo a rede de gás natural por todo o Estado, fazendo crescer assim o número de municípios atendidos. Este crescimento coloca a SCGÁS entre as três melhores companhias de gás do país.

Antes de iniciar qualquer obra, a companhia faz estudos para determinar o traçado dos gasodutos e evitar a interferência em redes já implantadas de outros serviços, como água e luz. São utilizadas técnicas avançadas, de acordo com rigorosas normas e padrões internacionais.

O gás natural é um combustível limpo, de origem fóssil, encontrado no subsolo. Gera baixíssima emissão de poluentes e contribui para a redução do efeito estufa. O fornecimento canalizado é uma das grandes vantagens desse combustível, que chega ao seu destino de forma ininterrupta, 24 horas por dia.

Com a utilização do gás natural em Santa Catarina, nos últimos dez anos, 1,2 milhões de toneladas de gás carbônico deixaram de ser jogadas na atmosfera. Isto equivale ao plantio de uma floresta com mais de dois milhões de árvores. Esta floresta teria o tamanho de 1.355.828 campos de futebol.

Sobre a Magma Cultura

O Circuito SCGÁS 2011 de Cinema nas Comunidades foi produzido pela Magma Cultura, do produtor cultural Jefferson Bevilacqua. A Magma Cultura produz e executa projetos culturais desde 1999. Seu vasto portfólio inclui shows e eventos produzidos em todo o Brasil. Entre os principais Projetos, estão, além do Circuito SCGÁS 2011 de Cinema nas Comunidades, o Conexão Cultural, o Gira Brasil, o Vitrine Cultural e o Cinemóvel Mostra de Cinema Nacional, todos com recursos captados via Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Somados, já levaram arte e divertimento a um público de cerca de 250 mil pessoas, em vários estados brasileiros.

Sobre a Sala Brasil

Moderna sala de cinema estruturada no interior de um caminhão, a Sala Brasil oferece conforto para os espectadores. São 32 acomodações (duas para cadeirantes), tela de 120 polegadas, som digital, iluminação especial, climatização, isolamento acústico e térmico e rampa de acesso para portadores de deficiência.

Em 2010 a Sala Brasil esteve presente com êxito em três projetos culturais produzidos pela Magma Cultura. Ao todo, foram mais de 21 mil pessoas beneficiadas pelas 793 sessões de cinema gratuitas realizadas em 71 cidades de nove estados brasileiros. Os eventos proporcionaram para diferentes regiões do Brasil, a possibilidade de participar de forma democrática, gratuita e acessível de atividades culturais como o cinema. Com todas suas peculiaridades, nosso país apresenta uma rica variedade de condições climáticas, demográficas, econômicas e culturais, entretanto o Sala Brasil rompeu distintas barreiras e foi a cidades do Sul ao Nordeste, onde muitas tinham condições até mesmo precárias, porém possui uma carismática população ávida por cultura, educação e oportunidades.

spot_img
spot_img