18.5 C
fpolis
terça-feira, setembro 28, 2021
cinesytem

Pequenos escritores catarinenses expõem suas obras no Floripa Shopping

spot_img

Pequenos escritores catarinenses expõem suas obras no Floripa Shopping

spot_img

Até o próximo dia 30 de novembro, as poesias selecionadas na primeira etapa do tradicional concurso literário da Escola Dinâmica estarão expostas no piso térreo do Floripa Shopping na capital. A mostra reúne obras dos pequeninhos e grandões, do Ensino Fundamental I ao terceiro ano do Ensino Médio, incluindo as produzidas em inglês pelos alunos do ensino bilíngue.

No ritmo do ensino multidisciplinar adotado pelo colégio, o tema “Energia para viver” pautou as produções poéticas, de acordo com a prioridade definida para 2012 pela ONU “Energias Sustentáveis”, que norteou todas as atividades escolares durante o ano, desde os ensinamentos em sala de aula até os eventos, viagens e apresentações em geral. “A qualidade das produções está de altíssimo nível. Foi super difícil fazer a pré-seleção dos trabalhos”, destaca a professora e organizadora do Concurso, Ana Paula Timm.

Para incentivar os estudantes a participarem da competição, a Escola trouxe palestras e oficinas com grandes nomes, como o escritor e jornalista Moacir Pereira, o musicista e poeta Marcos de Oliveira e a renomada professora e contadora de histórias Beatriz Helena Dal Molim. Segundo a diretora da Escola Dinâmica, Ângela Diener, são momentos como estes que contribuem de forma efetiva para a formação cognitiva, social e cultural das crianças. “O amor pelos livros não é uma coisa que acontece de repente. É preciso ajudá-las a descobrir o potencial que grandes autores e obras podem lhes oferecer”, diz.

O resultado final será divulgado no dia 15 de dezembro, quando a comissão julgadora escolherá três trabalhos de cada turma para a premiação de 1º, 2º e 3º lugar. “A galerinha está super motivada. É uma data já aguardada por eles”, diz Ana Paula.

O interessante da mostra é que assim como no último ano, as poesias vão virar livro que vai integrar o acervo da Biblioteca Nacional. E mais, a publicação já sai do forno com ISSN, um código internacional que referencia a obra em qualquer biblioteca do mundo.

Foto: Os alunos Bruno Trois do 7º ano e Lorenzo Heald do 4º, finalistas do concurso literário bilíngue.

spot_img
spot_img

Leia mais