16.3 C
fpolis
terça-feira, outubro 26, 2021
cinesytem

Anunciada segunda etapa da restauração da Ponte Hercílio Luz em Florianópolis

spot_img

Anunciada segunda etapa da restauração da Ponte Hercílio Luz em Florianópolis

spot_img
O governador Luiz Henrique anunciou na manhã desta segunda-feira (27) a segunda etapa da restauração da Ponte Hercílio Luz e a instalação da primeira unidade fora da França da Escola Nacional de Administração (ENA). Luiz Henrique confirmou também a conclusão das obras do Teatro Pedro Ivo e a parceria com a Prefeitura de Florianópolis para realizar em maio do ano que vem na cidade o encontro do Conselho Mundial de Turismo.
O governador anunciou que viaja em companhia do prefeito reeleito da Capital, Dário Berger, para Londres, onde fazem no dia 9 de novembro a defesa da candidatura de Florianópolis para sediar o encontro, que reúne as 700 maiores autoridades do planeta na área do turismo, entre elas empreendedores hoteleiros, dirigentes das principais empresas aéreas do mundo, além de especialistas do segmento. Além disso, segundo ele, a realização do evento no Brasil atrairá os olhares da mídia internacional para Florianópolis. “Vamos lutar por isso. Estamos disputando com Xangai a realização do World Summit da WTTC, e posso lhes garantir que a cidade não será mais a mesma depois dele”, observou Luiz Henrique.
Na missão à Europa, o roteiro do governador Luiz Henrique e do prefeito reeleito inclui uma escala em Paris, no dia 10 de novembro, para assinatura do acordo que vai garantir a instalação da filial da ENA, que deve passar a funcionar em agosto do ano que vem, formando especialistas em administração pública. O governador destacou que a escola francesa, entre outros líderes, formou o ex-presidente francês François Mitterrand. “O Estado carece de técnicos com especialização em orçamento, auditoria e contabilidade pública. O concurso público será o vestibular, que garantirá a vaga no serviço público aos que se formarem”, adiantou.
Luiz Henrique disse que a instituição contará com professores franceses e brasileiros, que terão contato com a metodologia da escola na França. Explicou que ela será financiada com bolsas de estudo pagas pelas entidades e instituições que mantiverem alunos na futura escola. Revelou que empresas como a Petrobrás e a Vale do Rio Doce já manifestaram interesse. O governador adiantou que a nova escola entra na estrutura da Universidade do Estado de Santa Catarina – (UDESC), com regime diferenciado e com calendário internacional, que prevê o início do ano letivo no mês de agosto, com férias nos meses de junho e julho.
O governador afirmou que o edital de licitação internacional para a segunda etapa das obras reforma e restauração da Ponte Hercílio Luz permitirá a liberação da ordem de serviço na primeira quinzena de novembro. Luiz Henrique destacou ainda a necessidade de aprovação de mudanças na legislação urbana para pemitir a retirada do complexo penitenciário do Bairro da Trindade, o que vai contribuir com o desenvolvimento da região e a redução da criminalidade. “Desativar a penitenciária é fundamental. Aquilo ali é uma bomba relógio”, comparou, observando que com os recursos serão construídas duas penitenciárias, uma delas em local já definido entre os municípios de Palhoça e Paulo Lopes. Disse que a unidade prisional terá os moldes da que está em utilização em Joinville, através do presídio industrial, em que os apenados trabalham e conseguem renda de até R$ 1 mil mensais. “É uma forma de recuperação dos presos”, argumentou.
Outro projeto destacado pelo governador foi a alteração do zoneamento urbano na região em que está localizado o Centro Administrativo do Governo do Estado, na rodovia SC-401, junto ao Bairro Saco Grande, onde pretente construir duas torres de oito andares para instalar todas as unidades da administração estadual. Segundo ele, além de racionalizar as despesas de energia e aluguel, um só local para os órgãos da administração estadual vai facilitar a vida dos cidadãos que busca a solução para algum problerma. Luiz Henrique afirmou que a alteração deve viabilizar a transferência total do prédio das diretorias, no centro da cidade, para a Prefeitura da Capital, que hoje ocupa três andares e abriga o gabinete do prefeito.
O governador concedeu a entrevista coletiva na Casa D”Agronômica em companhia do prefeito reeleito Dário Berger; do prefeito em exercício, Rubens Bita Pereira; de nove dos dezesseis vereadores eleitos para a próxima legislatura na Câmara Municipal e de outras autoridades estaduais, como o secretário de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis, Valter Gallina, e do secretário de Coordenação e Articulação, Ivo Carminati.
Foto: DEOLHONAILHA.COM.BR
spot_img
spot_img