16.3 C
fpolis
terça-feira, outubro 26, 2021
cinesytem

Belga quebra recorde entre os homens e brasileira vence 15ª edição do Ironman Florianópolis

spot_img

Belga quebra recorde entre os homens e brasileira vence 15ª edição do Ironman Florianópolis

spot_img

Sete anos depois da última conquista, obtida por Fernanda Keller em 2008, o Brasil está de novo no topo do pódio do Ironman Florianópolis. Gaúcha radicada em São Paulo, Ariane Monticeli não se importou com as fortes adversárias e venceu a 15ª edição do evento, realizada neste domingo, 31, em Jurerê Internacional. A triatleta completou os 3.8 km de natação, 180.2 km de ciclismo e 40.2 km de corrida, com o tempo de 8h59min08seg. 

A segunda colocação ficou com a norte-americana Elizabeth Lyles, com 9h00min31seg, enquanto sua compatriota Amanda Stevens foi a terceira, com 9h01min27seg. A conquista da brasileira foi ainda mais importante porque esta edição da prova é válida como Campeonato Latino Americano, com pontuação dobrada e 150 mil dólares de prêmio para a Elite.

Sensacional. Assim pode ser definido o desempenho do belga Marino Vanhoenacker na prova. O triatleta simplesmente pulverizou o recorde da prova que pertencia ao norte-americano Timothy O’Donnell, de 8h01min32seg, em 2012, ao marcar 7h53min44seg. Com a vitória no Brasil, ele agora soma dez títulos de Ironman e o terceiro lugar no Mundial do Havaí em 2010. O’Donnell terminou em segundo lugar, 7h55min56seg, enquanto o canadense Brent McMahon foi o terceiro, com 7h56min55seg. O Brasil comemorou o quarto lugar no masculino, com Igor Amorelli, campeão no ano passado, com a marca de 7h59min36seg. Todos estes tempos abaixo do recorde anterior.

Completando a 15ª edição, o Ironman Florianópolis mostrou sua força ao reunir mais de 2 mil atletas de 36 países. A condição de Latino Americano, aliada à qualidade técnica e de organização, garantiram isso e consolidaram ainda mais o evento no cenário internacional. A divisão de prêmios entre os atletas da Elite foi a seguinte: 1) US$ 30.000; 2) US$ 15.000; 3) US$ 8.000; 4) US$ 6.500; 5) US$ 5.000; 6) US$ 3.500; 7) US$ 2.500; 8) US$ 2.000; 9) US$ 1.500; 10) US$ 1.000.

Entre as mulheres, Ariane Monticeli conseguiu celebrar a tão esperada vitória em Florianópolis. Após a terceira colocação em 2014, a atleta conseguiu subir ao lugar mais alto do pódio e a vitória não poderia ser mais emocionante. Após sair da natação na 10ª posição, Ariane recuperou-se no percurso de ciclismo e na corrida passou a então líder Amanda Stevens para não largar mais a ponta.

"Isso é um sonho, eu não consigo acreditar que venci aqui em Florianópolis. A torcida é demais, a vitória foi graças a eles", disse Ariane. "A prova foi perfeita, eu fiz tudo que sabia que podia fazer e acreditei muito na minha corrida, que é o meu ponto mais forte. Depois que eu vi a primeira eu sabia que tinha tudo para passar e vencer", completou a brasileira.

No masculino, o belga Marino Vanhoenacker teve um desempenho impressionante, especialmente no ciclismo, e garantiu a primeira vitória em sua primeira vinda ao Brasil. Após sair atrás na natação, Marino abriu quase seis minutos de liderança no pedal e sustentou a ponta até o fim. "Eu sempre planejei vir ao Brasil, mas por algum motivo eu acabava não vindo para a etapa. Esse ano deu certo. Foi uma prova muito dura, mas estou muito contente pelo resultado", disse Marino. Perguntado sobre se essa tinha sido uma de suas melhores apresentações o belga foi enfático. "Minha mulher disse que eu fiz o melhor Ironman da minha vida e você sabe que com mulher não se discute", brincou o campeão.

Quem também fez história foi o brasileiro Igor Amorelli. Primeiro atleta do país a vencer a prova em Florianópolis, na edição passada, o catarinense marcou mais uma vez seu nome na história ao baixar pela primeira vez o tempo de oito horas, com 7h59min36seg. "Estou extremamente satisfeito com o meu resultado. Dei tudo de mim, me entreguei e saio da prova com sensação de dever feito. Florianópolis é sempre especial e ano que vem estarei de volta aqui para brigar mais uma vez pelo título", disse Amorelli. 

Programação

01/06 – Clube Doze de Agosto
09h – 14h – EXPO – IRONMAN
09h – 12h – Achados e Perdidos
10h – Confirmação dos Classificados para o Ironman World Championship
11h – Premiação
22h – Festa de Confraternização (local a confirmar)

Resultados 2015 – Elite:

Masculino

1º) Marino Vanhoenacker (BEL), 7h53min44seg*
2º) Timothy O’Donnell (EUA), 7h55min56seg
3º) Brent Mcmahon (CAN), 7h56min55seg
4º) Igor Amorelli (BRA), 7h59min36seg
5º) Tyler Butterfield (BER), 8h05min22seg 
6º) Matt Trautman (AFS), 8h06min29seg
7º) Kyle Buckingham (AFS), 8h09min33seg
8º) Mike Aigroz (CHE), 8h13min22seg
9º) Guilherme Manocchio (BRA), 8h17min02seg
10º) Frank Silvestrin (BRA), 8h20min02seg

Feminino

1ª) Ariane Monticeli (BRA), 8h59min08seg
2ª) Elizabeth Lyles (EUA), 9h00min31seg
3ª) Amanda Stevens (EUA), 9h01min27seg
4ª) Tine Deckers (BEL), 9h08min29seg
5ª) Laurel Wassner (EUA), 9h09min47seg
6ª) Haley Chura (EUA), 9h14min03seg
7ª) Mareen Hufe (ALE), 9h14min50seg
8ª) Karen Thibodeau (CAN), 9h15min08seg
9ª) Asa Lundstrom (SUE), 9h23min35seg
10ª) Ana Lídia Borba (BRA), 9h42min27seg

spot_img
spot_img