18.5 C
fpolis
sábado, setembro 25, 2021
cinesytem

Câmara de Vereadores: operação Ave de Rapina não paralisou os trabalhos da casa

spot_img

Câmara de Vereadores: operação Ave de Rapina não paralisou os trabalhos da casa

spot_img

 A Câmara de Vereadores de Florianópolis divulgou uma nota nesta quarta-feira, 3, garantindo que a Operação Ave de Rapina, da Polícia Federal, embora tenha intimado uma série de vereadores para depor na sede da PF não está atrapalhando o andamento das atividades da casa.

Confira a nota na íntegra:

“A Câmara Municipal de Florianópolis esclarece que todas as atividades do Parlamento permanecem normais e não foram comprometidas pela Operação Ave de Rapina, da Polícia Federal. Todas as Sessões Ordinárias, Reuniões Ampliadas, Audiências Públicas e demais compromissos dos parlamentares não foram alterados. Portanto, a Câmara não está parada como afirmaram nos últimos dias alguns veículos de comunicação.

Esta Casa Legislativa informa ainda que os depoimentos dos vereadores concedidos à Polícia Federal na terça e quarta-feira, 02 e 03/12, foram em horários distintos. A realização das sessões ordinárias e outras atividades do Parlamento foram mantidas e os projetos em Ordem do Dia devidamente votados em Plenário.

A Câmara comunica ainda que o projeto relativo à atualização do IPTU foi lido em expediente durante a Sessão Ordinária desta terça-feira, 02/12, e que a partir de agora vai tramitar normalmente, passando pelas Comissões até ir para votação em Plenário.

Em relação à lista de projetos apresentados pelo prefeito César Souza Junior esta semana, o Legislativo Municipal deixa claro que metade das matérias citadas foi encaminhada entre setembro a outubro deste ano, ou seja, entraram na Casa há poucos meses e seguem tramitação normal assim como todos os demais projetos. O trâmite das matérias pode ser acompanhada pelo site da Câmara no link TRAMITAÇÃO DE MATÉRIAS.

Esta Casa informa também que pode haver um entendimento comum dos vereadores para agilizarem o andamento de determinado projeto considerado de extrema urgência e importância para a cidade. Apesar do recesso estar próximo, não está descartada a realização de Sessão Extraordinária para votar projetos que precisem ser aprovados ainda este ano.”

spot_img
spot_img

Leia mais