21.9 C
fpolis
quarta-feira, outubro 27, 2021
cinesytem

Cepon da Capital conta com Banco de Perucas para auxiliar pacientes com câncer

spot_img

Cepon da Capital conta com Banco de Perucas para auxiliar pacientes com câncer

spot_img

Os tratamentos para câncer com radioterapia e quimioterapia produzem alguns efeitos colaterais, entre eles a queda de cabelos. Por conta disso e para ajudar a melhorar a autoestima dos pacientes, o Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), em Florianópolis, conta com um Banco de Perucas, em funcionamento há 20 anos. Durante este período, 479 pessoas já foram beneficiadas.

Atualmente, 331 perucas estão sendo usadas por pacientes da instituição e outras 28 encontram-se disponíveis. A presidente da Associação de Voluntários do Cepon (Avoc), Sônia Maria Mastella, informa que, de janeiro a junho deste ano, já foram emprestadas 82 perucas. Em 2014 foram 99.

Até setembro do ano passado, a Avoc recebia apenas doações de perucas para abastecer o banco. Mas a partir de outubro, com o início da Oficina de Construção de Perucas, projeto elaborado pelo Serviço de Terapia Ocupacional do Cepon com o Grupo de Apoio à Mulher Mastectomizada (Gama), a instituição passou a aceitar doação de mechas de cabelo.

“Recebemos os cabelos com, no mínimo, 15 centímetros de comprimento e depois trocamos por perucas com um cabeleireiro que firmou parceria conosco. Até agora já foram doadas 888 mechas de cabelos por adultos e crianças”, destaca a presidente da Avoc.

Além das perucas, os voluntários do Cepon também têm à disposição dos pacientes lenços, mantas de lã, bonés, gorros e chapéus. Esses acessórios têm maior rotatividade e, por isso, as doações necessitam ser constantes.

De acordo com Sônia Maria, essas doações são muito importantes para quem as recebe. “As perucas ajudam as pessoas a recuperar a autoestima e também enfrentar melhor as formas de tratamento. Dias atrás atendemos uma menina de 15 anos. Ela colocou uma peruca crespa e seu olhar se iluminou”, conta a presidente da Avoc.

Para ajudar a instituição, basta doar cabelo, perucas, lenços ou outros acessórios, entregando-os no Serviço de Terapia Ocupacional ou na sala do voluntariado do Cepon, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Requisitos para doações de cabelos:

– A mecha deve ter no mínimo 15 centímetros de comprimento;
– Pode ter química, tintura, escova progressiva ou ser natural;
– Pode ser cabelo masculino, feminino ou de criança;
– É preciso cortar o cabelo amarrado em mechas. Após o corte, armazená-las envolvidas em papel toalha, evitando que embarace;
– O cabelo pode ser cortado com seu cabeleireiro

spot_img
spot_img

Leia mais