29.9 C
fpolis
domingo, janeiro 23, 2022
cinesytem

Ciclo do Divino inicia em Florianópolis

Ciclo do Divino inicia em Florianópolis

spot_img

Lançamento das festividades de 14 comunidades da Capital aconteceu com um desfile de cortejos e bandeiras do Divino pelas ruas do Centro,numa promoção da Fundação Franklin Cascaes

Cortejos e bandeiras do Divino Espírito Santo enfeitaram as ruas centrais de Florianópolis no sábado (28/05), anunciando as Festas do Divino em 14 comunidades que preservam a tradição trazida pelos imigrantes açorianos em 1748. O lançamento do ciclo de festividades na Capital aconteceu com um desfile saindo do Forte Santa Bárbara, encerrando com uma celebração no Largo da Catedral. A cerimônia, com a presença do prefeito Dário Berger, entre outras autoridades, teve como ponto alto o encontro das bandeiras, com saudação musical, soltura de balões, queima de fogos e revoada de pombas brancas – ave símbolo do Espírito Santo.

Organizado pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC), o evento teve como objetivo o fortalecimento dessa manifestação cultural secular, preservando o espírito da festa que prega a união entre as pessoas e a esperança num futuro melhor. As atividades iniciaram cedinho com um café da partilha, no Forte Santa Bárbara, sede da Fundação Franklin Cascaes, onde cada participante contribuiu com os ingredientes que foram divididos entre todos, assim como ocorre nos Açores.

Tradição pelas ruas

Ao som das bandas da Lapa e Amor à Arte, os festeiros, cortes imperiais e cortejos das 14 comunidades de Florianópolis, e dos municípios de Santo Amaro da Imperatriz e Governador Celso Ramos, saíram em desfile pela área central. A comitiva passou pelas ruas Conselheiro Mafra e Jerônimo Coelho, contornando o Mercado Público. Depois, seguiu pelo calçadão da Rua Felipe Schmidt e Praça 15 de Novembro, em direção ao Largo da Catedral, onde foi recebida com uma apresentação musical da soprano Claudia Todorov e convidados.

Durante a passagem das bandeiras pelas ruas, cerca de mil pãezinhos do Divino, abençoados no café da partilha, foram distribuídos ao público. “Precisamos de muita paz, solidariedade e integração para termos uma cidade melhor. A partilha é uma forma de fortalecer esses sentimentos”, ressaltou o superintendente da FCFFC, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz.

No Largo da Catedral, o prefeito Dário Berger lembrou a importância de preservar a memória dos antepassados. “Aquelas famílias que vieram dos Açores para cá se multiplicaram. Hoje somos quase meio milhão de pessoas. A cidade cresceu, mas não esquecemos a tradição. Tenho muito gosto pelas Festas do Divino porque elas mobilizam as comunidades o ano inteiro”, disse o prefeito, saudando os participantes. Após o encerramento da cerimônia, os cortejos seguiram de volta à sede da Fundação Franklin Cascaes, que foi decorada para abrigar um Império do Divino.

Ciclo de festas

O Ciclo do Divino Espírito Santo vai de maio a setembro, abrangendo todas as festas que acontecem no município no período e também uma programação paralela para divulgar o calendário, que está disponível no site da Fundação Franklin Cascaes no portal da Prefeitura de Florianópolis (http://portal.pmf.sc.gov.br/entidades/franklincascaes).

Na quarta-feira (8/06), será realizada a abertura oficial da temporada de festividades, com o hasteamento da Bandeira do Divino no Forte Santa Bárbara, sendo descerrada ao final do ciclo, em setembro. A cerimônia ocorre em cumprimento à Lei Municipal nº 8010/2009, de autoria do vereador Edinon da Rosa (PSB) que institui a data comemorativa na quarta-feira anterior ao Domingo de Pentecostes pelo calendário móvel da Igreja.

Neste dia também será inaugurada a exposição fotográfica “Divina Tradição”, reunindo imagens das festas realizadas em 2010. A mostra ficará aberta à visitação pública até sábado (11/06), com atendimento das 9h às 19h, itinerando depois pelas comunidades que participam do ciclo.

Festas nas comunidades

Rio Tavares (03 a 05 de junho)

Centro (09 a 12 de junho)

Ribeirão da Ilha e Monte Verde (11 e 12 de junho)

Estreito (10 a 12 de junho)

Trindade (15 a 19 de junho)

Prainha e Lagoa da Conceição (18 e 19 de junho)

Pântano do Sul (24 a 26 de junho)

Campeche (09 e 10 de julho)

Barra da Lagoa (02 a 04 de setembro)

Santo Antonio de Lisboa (07 a 11 de setembro)

Rio Vermelho (09 a 11 de setembro)

Canasvieiras (23 a 25 de setembro)

spot_img
spot_img