22.1 C
fpolis
quinta-feira, janeiro 27, 2022

Espetáculo “Corrente” aborda relações entre histórias individuais e sociais

Espetáculo “Corrente” aborda relações entre histórias individuais e sociais

spot_img

De quem eu falo quando falo de mim? Quais histórias formam a identidade deste “eu”? No espetáculo Corrente, as ações cênicas migram constantemente de uma estória individual do ator, à uma história social do Brasil e à uma história ficcional de um filho em busca do reencontro com o pai. A peça, que será apresentada em Florianópolis, estréia em 24 de outubro, às 20h00, no Espaço Arco-Íris. O espetáculo é gratuito e aberta ao público.

“Corrente” aborda passagens entre representação e confissão, memória e presente, ficção e realidade. De acordo com Stephan Baumgärtel, diretor da peça e professor de Artes Cênicas da UDESC (Universidade do Estado de Santa Catarina): “A peça fala das forças que nos prendem e das forças que nos arrastam, da luta de migrantes, do fracasso de projetos de formação cívica e profissional e de uma oportunidade precária: a de encarar a si mesmo no olho desse fracasso”.

Serviço

O quê – Corrente – Uma rapsódia psico-histórica para um atuador

Onde – Espaço Arco-Íris – Travessa Osmar Regueira (Ex-Ratclif), Nº 56, no Centro, em Florianópolis

Quando – sempre às 20h00 nos dias:

– 24 e 25.10.2009

– 12.11.2009

– 26.11.2009

– 04, 05 e 06.12.2009

– 11, 12 e 13.12.2009

Evento gratuito e aberto ao público

Equipe

Dramaturgia: Stephan Baumgärtel e Cleiton Moreira
Atuação: Cleiton Moreira
Direção: Stephan Baumgärtel
Assistente de direção: Juliana Sussel
Figurino e Luz: Tessitura Experimentos Teatrais

spot_img
spot_img