14.7 C
fpolis
quinta-feira, outubro 21, 2021
cinesytem

Espetáculo “Uma vez, nada mais” no Teatro do Sesc Prainha

spot_img

Espetáculo “Uma vez, nada mais” no Teatro do Sesc Prainha

spot_img

Uma comédia muda que ainda vai dar muito o que falar

A comédia romântica Uma Vez, Nada Mais foi premiada como Melhor Espetáculo pelo Prêmio Braskem de Teatro e na categoria de Melhor Atriz, pela atuação de Aícha Marques, além das indicações como Melhor Direção para Hebe Alves e Melhor Atriz para Maria Menezes e pelo XVII Festival Nordestino de Teatro Guaramiranga 2010 com o Troféu Beija-Flor de melhor espetáculo pelo Júri popular. O espetáculo foi contemplado pelo Prêmio Funarte Edital Myriam Muniz de Teatro 2010 e circulará por cinco capitais brasileiras: Curitiba, Vitória, Belo Horizonte, Florianópolis e Porto Alegre.

Resultado de anos de pesquisa e investigação do movimento e da linguagem do cinema mudo, o espetáculo conta a história de duas mulheres apaixonadas e sonhadoras que, aos poucos, vão descobrindo que têm muito mais coisas em comum, compondo uma divertida “tragédia amorosa”. Com lirismo, ironia e bom humor, é possível ver o encontro entre a mulher sonhadora e costureira humilde, cujo amor não é correspondido, com sua cliente, uma noiva glamorosa, prestes a concretizar sua felicidade. Sem uma palavra, as atrizes utilizam de uma movimentação bem marcada, precisa e bastante ágil, evocando a estética do cinema mudo.

Uma Vez, Nada Mais também convida o público a um passeio pela era de ouro do rádio e suas radionovelas, bem como por antigas novelas de TV, linguagens que tanto contaram tramas de amor. A montagem traz uma série de referências além do cinema, mas com o universo das novelas brasileiras, das dublagens, da chanchada e do melodrama. Mais do que um espetáculo divertido, Uma Vez, Nada Mais traz um suave olhar para o gênero feminino. De um lado, a mulher “realizada”, prestes a casar, que tem ao seu lado a figura de um homem, o que lhe evoca sucesso, estabilidade, confiança. No outro extremo, a mulher solitária, ainda na busca do amor, por vezes, beirando o desespero na busca pelo par.

Serviço:

O quê: “Uma vez, nada mais””
Onde: Teatro SESC – Prainha
Quando: 29 e 30 de Abril de 2011
Quanto: Ingresso Gratuito
Duração: 55 minutos
Horário: 21h
Produção: Carambola Produções

spot_img
spot_img