18.4 C
fpolis
segunda-feira, dezembro 6, 2021
cinesytem

Farra do Boi lidera atendimentos da Ouvidoria Geral do Estado em fevereiro

spot_imgspot_img

Farra do Boi lidera atendimentos da Ouvidoria Geral do Estado em fevereiro

spot_img

Considerada crime desde 1998, a Farra do Boi foi o tema que liderou os registros da Ouvidoria Geral do Estado em fevereiro. Dos 1.224 atendimentos feitos no mês, 69 foram sobre a prática. Cada registro recebe como resposta uma explicação sobre as ações do Governo do Estado para fiscalizar, coibir e punir os farristas. As denúncias de ocorrências são feitas diretamente nas polícias Civil e Militar.

Entre as ações realizadas pelo Governo de Santa Catarina está a fiscalização e a coibição do transporte dos animais sem a Guia de Transporte Animal (GTA), por meio de barreiras nas rodovias do Estado. “Muitos desses atendimentos são de outros estados e não tem conhecimento de todo o trabalho feito pelo Governo para conscientizar sobre a ilegalidade da Farra do Boi e coibir as manifestações”, aponta o ouvidor geral, Dejair Vicente. A prática ocorre principalmente durante o período da Quaresma, entre o Carnaval e a Páscoa, no litoral centro norte catarinense, colonizada pela etnia açoriana. Não há registro desse tipo de violência em outras regiões do Estado.

Mais demandas

Além da Farra do Boi, a maior parte dos pedidos de informação, críticas e sugestões recebidos pela Ouvidoria foram para as secretarias de Educação (19,04%) e Segurança Pública (20,83%).

A Ouvidoria Geral do Estado presta atendimento online 24 horas por dia. Por meio do 0800-6448500, das 13h às 19h. Cartas e solicitações presenciais podem ser feitas diretamente no Centro Administrativo do Governo do Estado, em Florianópolis. Atualmente, 98% das demandas são feitas pela internet.

spot_img
spot_img