19.6 C
fpolis
domingo, setembro 19, 2021
cinesytem

Florianópolis é sede do 9º Fórum Mundial de Turismo

spot_img

Florianópolis é sede do 9º Fórum Mundial de Turismo

O evento ocorre na cidade de Florianópolis, (SC), no período de 14 a 18 de maio, no Costão do Santinho Spa & Resort. Segundo o presidente da Confederação Brasileira de Convention Visitors Bureaux, João Luiz dos Santos Moreira, essa é a primeira vez que a reunião é sediada num país da América Latina

“O Turismo do Brasil está em franca conquista de espaço representativo nos organismos internacionais de turismo. Depois de deslanchar uma ofensiva, no início desse ano, que garantiu lugar para a Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux (CBC&VB) no Conselho da Organização Mundial de Turismo (OMT), o país vai acolher um dos mais importantes eventos de turismo do mundo, o 9º Fórum Mundial de Turismo do WTTC – World Travel and Tourism Council”, disse Moreira.

Conforme previsões do WTTC para a década 2007/2017, o turismo da China deverá registrar o maior crescimento do mundo, algo em torno de 9,1% e gerar, em 2017, 75,710 milhões de empregos, deixando prá trás Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Espanha, Itália e Canadá. Até lá, os Estados Unidos deverão ter faturamento de US$3, 067 trilhões. Já o Brasil nesse prazo, prevê o WTTC, fecha com 7, 773 milhões de empregos, alçando à quinta posição no ranking, atrás da China, Índia, EUA e Japão.

Como segunda maior economia de turismo na América Latina, em 2017, o Brasil deve gerenciar uma receita de US$ 304,3 bilhões. A primeira barreira foi vencida: o turismo já é uma prioridade estratégica para o Governo. Agora é transformar nosso potencial em empregos e desenvolvimento econômico. Esse evento oferece ao turismo brasileiro a oportunidade para crescer aos olhos dos que comandam os negócios do turismo internacional, exibir o Brasil como produto competitivo, rico em diversidade e belezas naturais, com excelentes instalações também para acolher eventos, a fatia mais rentável da atividade. Temos o dever de nos empenhar para que os líderes das maiores companhias de viagem e turismo do mundo se alinhem com o objetivo de conquistar e ampliar os espaços de participação do Brasil nos organismos internacionais de turismo.

Só o custo da organização do 9º Fórum consumiu algo em torno de R$ 12 milhões, rateados entre o Governo de Santa Catarina, EMBRATUR e outros patrocinadores. Já o WTTC reservou US$ 3,5 milhões para veicular a realização do evento na mídia internacional. Os dados estatísticos foram fornecidos pela assessoria da Confederação Brasileira de Convention Visitors Bureaux.

Foto ilustrativa: Praia do Santinho / Deolhonailha

spot_img
spot_img

Leia mais